fbpx
25.1 C
João Pessoa
Início João Vicente Machado Nosso Brasil brasileiro

Nosso Brasil brasileiro

O simbolismo da data de 22 de abril, na qual a história oficial celebra o descobrimento do Brasil, tem sido veementemente contestado na sua veracidade por motivos mais do que  óbvios.

Ora, a  descoberta de uma jazida de minérios valiosos, de uma afloração arqueológica ou de um fóssil histórico raro, nos revelará a existência de minerais inertes que ali permaneceriam sem se reproduzir, completamente ignorados, durante toda uma eternidade. A descoberta, quando acontece,  sempre é seguida de uma  comemoração efusiva celebrando o achado. Essa é uma reação  pertinente e  perfeitamente justificável.

Entretanto, a descoberta de uma vasta extensão de terras onde já  residem mais de dois milhões de seres humanos, que são dinâmicos, que se reproduzem e se multiplicam e que são detentores da  posse coletiva da área,  não se constituí em nenhuma  descoberta e sim numa criminosa invasão. A violência usada para se adonar daquilo  que não lhe pertence e, na sequencia  subjugar,  e enganar toda uma  nação é  muito mais cruel do que todas as formas de violência de que temos noticias.

Inicialmente o saque dos  bens materiais que foram sendo imediatamente surrupiados, não sensibilizaram tanto os nativos porque eles não tinham o egoísmo da acumulação que o invasor trazia consigo e até os dias atuais mantem como um dogma de fé. Eles somente se aperceberam da crueldade do invasor, quando  o indigenismo, que é a ideologia política deles, foi maculado naquilo que tinham de mais sagrado, a sua cultura. A história é longa e não cabe nesse pequeno espaço. Mas uma coisa é certa, não houve descoberta houve invasão, portanto não há o que comemorar.   Fomos buscar a sabedoria e a sensibilidade do Doutor Patativa do Assaré,  para  mostrar a todos os leitores e internautas, como essa prática invasiva ainda hoje  é muito presente nos dias atuais.

Vem comigo, vamos juntos  ver e ouvir  o genial Patativa do Assaré!

Artigo anteriorAutomedicação
Próximo artigoAs consequências do voto
Relacionados

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

A primeira entrevista publicada no Brasil

Em 1808, quando D. João chegou ao Rio de Janeiro, fugindo das tropas de Napoleão que haviam invadido Portugal, trouxe na sua imensa bagagem...

Mês dos pais

Conceituam-se os fenômenos para atender às necessidades, sejam de mercado, sejam de conveniência, mas conceituar transforma o simples no complexo e o certo no...

O que é Depressão?

A depressão é um transtorno que envolve o corpo, o humor e os pensamentos. Ela interfere no cotidiano, nas relações sociais, nas relações familiares...

Macacos não transmitem a varíola

O Brasil está mais vez está enfrentando uma pandemia diferente. Dessa vez é a varíola dos macacos (do inglês monkeypox). Essa varíola apresenta sintomas...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...