fbpx
28.1 C
João Pessoa
Início O QUE NOS RESERVARÁ EM 2021?
Array

O QUE NOS RESERVARÁ EM 2021?

  


Por João Vicente Machado


O natal juntamente com o ano novo, forma uma operação casada que via de regra, só termina com a folia de Reis do dia 06 de janeiro. Todavia, esse aspecto não pode confinar o nosso pensamento, aprisionando as nossas ideias, até porque é no decorrer do ano que a economia se movimenta, ou não, nos proporcionando em termos materiais a satisfação das nossas necessidades e nos dando o suporte necessário para a nossa sobrevivência.

Pensando nisso,  estamos fazendo um apanhado de opiniões  de especialistas, principalmente na esfera econômica, ouvindo e lendo os expoentes do pensamento   das duas vertentes, para nos condicionarmos a fazer juízo de valor sobre o  ano de 2021 que se aproxima. Todos sabem que temos, como todos têm, um posicionamento  econômico definido que nunca escondemos, ou seja temos lado. Contudo não seria honesto de minha parte, transformar as minhas convicções em dogma de fé. Isso responde pelo nome de manipulação e o respeito que temos para com o ser humano jamais nos permitiria manipular alguém.

Como sabemos, só é possível perceber o que é o calor, se conhecermos o frio Nesse raciocínio,  é imperativo conhecer os dois lados para dar Consistência ao debate.

Pensando nisso, é que antes mesmo de ler o pensamento de Karl Marx, fomos ler o pensamento de Adam Smith e David Ricardo, que viveram mais ou menos 90 anos antes de Marx. Delfim Neto X Celso Furtado; Marcio Pochmann X  Rodrigo Constantino;  Luis Gonzaga Belluzzo X  Merval Moreira.; Gramsci X Fukuiama.

        

Se a lira não nos for canhestra, vamos tentar decifrar 2021, com a certeza  que as coisas não vão acontecer por decreto e, ao invés de desejar feliz ano novo convido a todos os “descamisados” como  bradava Evita Peron, para juntos construirmos o novo ano à nossa maneira. 

Não esperemos que a classe dominante construa um ano pela cartilha da exploração e sacuda no nosso colo.

“ Vamos fazer tudo quanto for possível e o impossível o povo nos ajudará  a fazer”

 Miguel Arraes.

Artigo anteriorDIA DE NATAL
Próximo artigoPERSPECTIVAS PARA 2021
Relacionados

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...