fbpx
23.1 C
João Pessoa
Início Notícias O Brasil nunca dançou tanto na corda bamba de sombrinha

O Brasil nunca dançou tanto na corda bamba de sombrinha

compositor Aldir Blanc

Por: Cristina Couto

   Nesses últimos dois anos não há nada de novo, ao contrário, voltamos aos tempos mais remotos, estamos outra vez a atravessar a tempestade agitada da história, tentando romper e cortar a todo custo às ondas que mancham as paredes da memória daqueles que através da nossa história não podemos esquecer jamais.

    Vamos outra vez trajando luto por essa pátria mãe gentil que sonha com a volta da lua, do sol e da luz que um dia clarearam o solo do Brasil, e, nesse momento cobre o nosso coração de neve, mas, a voz vibra e a mão teima em escrever a dor pungente,  sabemos que nada será inutilmente. O velho dragão do mar reapareceu na figura de um bravo compositor e dele não devemos esquecer jamais.

    Vivemos num Brasil que abriu a janela de frente pro crime e viu os corpos dos seus filhos estendidos no chão, num tempo que a imprensa só divulgava futebol e os símbolos sexuais, o silêncio era a palavra de ordem, os oportunistas de plantão ganhavam fama e altos cargos no governo, à custa da demagogia barata propagada nos bares entre malandros e trabalhadores.  

    A vida corria sem pressa, cada um ia pro seu lado, pensando nas belas mulheres das capas das famosas revistas ou nos times gloriosos que traziam taças para a nação, enquanto, a morte servia de exemplo àqueles que ousassem se manifestar e quantas janelas se fecharam diante de um crime?
Restaram os cavaquinhos, violões e os tamborins   que através dos seus tocadores encaravam todo mundo, e, os “home” não acreditavam no que eles eram capazes. Quando executados feriam firmes e doíam que nem punhal, quando invocados arrastavam vozes na geral e mostravam que o show de todo artista tem que continuar.

    E ao atracar no cais na história Aldir Blanc nos deixa garrafas com mensagens por todo mar da Música Popular Brasileira e com seu coração tropical partirá esse gelo e irá construir seu monumento na memória do povo brasileiro.

Salve! Os navegantes da MPB.

Artigo anteriorA era da incerteza
Próximo artigoDificuldade de governar
Relacionados

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

A primeira entrevista publicada no Brasil

Em 1808, quando D. João chegou ao Rio de Janeiro, fugindo das tropas de Napoleão que haviam invadido Portugal, trouxe na sua imensa bagagem...

Mês dos pais

Conceituam-se os fenômenos para atender às necessidades, sejam de mercado, sejam de conveniência, mas conceituar transforma o simples no complexo e o certo no...

O que é Depressão?

A depressão é um transtorno que envolve o corpo, o humor e os pensamentos. Ela interfere no cotidiano, nas relações sociais, nas relações familiares...

Macacos não transmitem a varíola

O Brasil está mais vez está enfrentando uma pandemia diferente. Dessa vez é a varíola dos macacos (do inglês monkeypox). Essa varíola apresenta sintomas...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...