fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início Notícias Feliz Ano Novo

Feliz Ano Novo

Tenho ouvido e recebido repetidamente  os votos de felicidades para o ano novo que se aproxima e não tenho me feito de rogado. Acolho,  agradeço e retribuo mesmo com muito ceticismo pelo que há de vir.

É simples explicar e mais simples de entender a minha cautela, Consequência do meu ceticismo?

Ora, estamos saindo de um ano muito atribulado, de muitas perdas, onde a economia patina numa recessão por nós nunca vista e em que o governo da união, dirigido por Paulo Guedes,  está desnacionalizando a nossa economia e nos transformando numa republiqueta de bananas, reduzindo a rés do chão  a nossa perspectiva de economia emergente.

Chega ao cúmulo de vender ativos  para pagar despesas correntes, coisa que nenhum país do mundo faz, nem mesmo  a catedral do capitalismo que é os Estados Unidos.

Paulo Guedes, preposto do real poder que é o poder econômico,   tem cumprido o seu papel de banqueiro e transferido para o  capital que é   numericamente inferior, tudo que subtrai do mundo do trabalho, com o aplauso dos pobres terceirizados de direita.

Me faz lembrar uma estória interessante que ouvi em tempo de menino que o, depois do tradicional era uma vez, o seguinte enredo:
   
    Num município do interior do Nordeste, onde  a religiosidade do povo é o sustentáculo das provações e lá pelos idos da década de  1950 do século passado, um padre saiu em visita aos fiéis da zona rural, em companhia do sacristão, pregando a palavra do Cristo e levando um lenitivo ao lavrador sofrido e castigado pela seca. Se locomovia no transporte da época que era a lombo de burro.

    Um almoço aqui, uma galinha acolá, um bode mais  na frente, tudo era servido para aplacar-lhes a fome e o cura prosseguia determinado na sua peregrinação.

    Certo dia encontram um Jeep Willys chapéu de couro, novinho da silva , parado na parede de um açude e sem gasolina.

 Ora, nesse tempo não havia postos de gasolina e o abastecimento era feito por latas, que naquele caso, estavam a quilômetros de distância do fato.

O padre vendo a aflição do fiel indagou: meu filho, você tem fé?  O motorista, constrito e respeitoso respondeu: tenho sim sr. Padre, muita fé!

O padre ordenou: pegue essa lata vazia, encha de água desse açude e bote no tanque do Jeep no que foi obedecido pelo motorista esperançoso. Com o tanque quase cheio d’água, deu no botão pedal e o carro pegou.

Acelerou uma vez, duas, três e em agradecimento ajoelhou-se aos pés do padre , beijou-lhe a mão agradecido e saiu.

O padre olhou para o sacristão e afirmou: “ vai ter fé assim no inferno”. Nada mais falou e nem lhe foi perguntado.!

Mutatis mutandis, não seria o caso do ano de 2020? espero que não!

João Vicente
Artigo anteriorPanes e circenses?
Próximo artigoIsenção generosa
Relacionados

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

A verdadeira face de Jesus

Em que pese a nossa condição de ateu, nascemos num lar cristão. Portanto não nos constrange revelar a nossa identidade com as práticas cristãs....

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Trinta Navios de Dimas Macedo

Navegar, mergulhar e voltar à tona sempre foi um desafio na vida de Dimas Macedo. Os Navios construídos por ele navegaram do Rio Salgado...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...