fbpx
24.1 C
João Pessoa
Início Notícias As arruaças de Trump

As arruaças de Trump

Todos nós estamos acompanhando o desenrolar de uma crise criada pela prepotência, a arrogância e os  interesses econômicos estratégicos  dos Estados Unidos.

    Não é nenhuma novidade que aquele país do norte das Américas, após construir uma pesada máquina bélica, se autoproclamou xerife do mundo e a manu  militare  resolveu intervir onde quer que haja riqueza natural que possa gerar lucro e expandir seu império.

    Nesse sentido, tem  tentado proibir  os países periféricos de promoverem as suas auto defesas, não permitindo a aquisição de armamentos, e sequer  o desenvolvimento de pesquisas para fins pacíficos.

     Promovem permanentemente saques mundiais de: petróleo, o principal deles, minérios  diversos inclusive os estratégicos , madeira, água e agora até o sol, recursos naturais sobre os quais querem o domínio. Vivem se apropriando, tanto pela cooptação de governantes de terceira categoria, sabujos e subservientes, como pela coerção armada.

    A coerção já foi usada tão frequentemente  pelo mundo afora que hoje em dia, quando há uma agressão a um país, por mais humilde que seja, geralmente mascarada de restabelecimento da democracia, ou de “ ajuda humanitária”, muitas pessoas desinformadas  louvam, enaltecem e aplaudem.

    No momento atual vivemos mais uma das muitas agressões acontecidas ao longo dos anos, e dessa feita,, contra os iranianos, que teve quase todo seu comando militar taxado de terrorista e assassinado barbaramente através de  um bombardeio em território iraquiano, numa atitude que merece a reprovação de todo aquele que tem senso humanitário.

    A arrogância deles é tamanha que se autoproclamam como a América, dando a entender que do Alasca até a Patagônia, tudo lhes pertence. Os Estados Unidos são a casa grande  e o restante  é senzala, inclusive o Brasil, que está entrando nessa por puro capachismo do seu governante.

     Aliás, o Brasil, pela sua ação preparatória daninha, está às voltas com um trilema: vai sofrer as consequências, pasmem de uma escassez de combustível, podendo ser obrigado a desfazer seu plano de desnacionalização  tendo que reativar as refinarias propositadamente paralisadas e postas à venda, juntamente com as plataformas de prospecção.

    Nesse caso, e em se agravando a crise com o bloqueio do estreito de Ormuz,  passaria a refinar o petróleo de que dispõe, não para consumo interno mas para alimentar a máquina de guerra, tendo de quebrar compromisso com as petroleiras rapinas do pré sal, que atualizam o preço dos combustíveis segundo a banca mundial.

    Creio eu que aquele homem comum que escolheu esse fantoche como governante, deve estar no mínimo, arrependido.

    Torçamos para que os países mais independentes e autônomos se reúnam, chamem o feito a ordem e detenham o Bolsonaro do Norte. A paz mundial e a autonomia dos povos agradecem.

    O tema é tão complexo que não pode ser enquadrado num texto e sim num debate. Fiquemos por aqui!

João Vicente
Artigo anteriorRevoluções industriais
Próximo artigoA chegada das chuvas
Relacionados

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

1 COMENTÁRIO

  1. Pelo quê eu conheço e sendo este uma que merece maiores comentários, e, de acordo com o BLOGUEIRO um tema tão complexo prefiro aguardar por novas publicações a respeito do assunto para minha conclusão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...