fbpx
29.1 C
João Pessoa
Início Notícias A chegada das chuvas

A chegada das chuvas

Não há notícia mais alentadora para o nordestino do semiárido do que a chegada das chuvas. É uma festa indescritível para a população urbana que, embora dependendo da força de trabalho da agricultura familiar que traz o alimento a sua mesa, não tem noção  do esforço do sertanejo para produzi-lo.

O homem do semiárido tem um amor telúrico tamanho, uma simbiose voluptuosa com o meio em que vive e produz de fazer inveja aos devastadores dos diversos biomas. Ele acaricia a terra com suas mãos calejadas, conversa com ela, com os animais e com todos os recursos naturais com os quais convive e dos quais precisa para sobreviver.

O amor e os cuidados que dispensa à água é tamanho que se revela de uma maneira dramática. Essa revelação é observada até nos verbetes (palavras) que usam.

Explico: quando uma barragem ultrapassa  o seu nível máximo, dizemos que transbordou. O nordestino do semiárido que considera a água um plasma da sobrevivência, diz com um inconsciente de aflição: a barragem sangrou! Diz isso com a vontade altruísta de aprisionar o sangue da sua sobrevivência.

 Agora mesmo estamos vivendo esse êxtase com as chuvas que os meteorologistas da AESA preconizaram para o período e mais uma vez assistimos o ritual de euforia que se repete a cada ano.

Que venham as chuvas e que durem o suficiente para aplacar a sede e a fome.

João Vicente
Artigo anteriorAs arruaças de Trump
Próximo artigoConservadorismo
Relacionados

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...