fbpx
24.1 C
João Pessoa
Início Rita Wanderley A mulher e sua evolução na história

A mulher e sua evolução na história

Durante a pré-história o trabalho costumava se dividir em homens saindo para caçar e mulheres cuidando da casa e filhos. Os inúmeros avanços da sociedade nesse aspecto são nítidos, porém, apesar deles as mulheres ainda são pressionadas a realizar atividades domesticas contra sua vontade, o que foi intensificado com a chegada da pandemia.

Na animação japonesa “Darling In The Franxx”, monstros de magna atacam humanos, uma pandemia se instaura e além de defender o mundo com seu parceiro em robôs chamados Franxx, as mulheres devem cuidar das atividades domésticas e de crianças. Fora das telas é possível encontrar semelhança com o atual mundo pandêmico em que vivemos, onde segundo a UNFPA (Fundo de População das Nações Unidas) cerca de 70% da linha de frente no combate contra a COVID-19, é composta por mulheres.

Diante desse cenário deve-se ressaltar que entretanto, as mulheres costumam ter mais dificuldade de encontrar empregos devido ao machismo estrutural e consequentemente são demitidas com mais facilidade ou é cobrado mais trabalho pelo mesmo valor. É de conhecimento geral a crise mundial e a quantidade de pessoas perdendo emprego na pandemia, todavia mulheres são demitidas em 1º caso, enquanto é cobrado delas uma postura firme, estável e qualidade de tempo com filhos.

Sendo assim, torna-se de suma importância uma medida do Governo – que garante pela Constituição que que todos somos iguais perante a lei – assegurando as mulheres que não serão demitidas por mera conveniência, por meio de justificativas plausíveis para a sua demissão afim de diminuir a pressão da sociedade de que em período pandêmico (e pós) as mulheres devem ficar em casa.

 

Relacionados

Adoção: expectativa x realidade

Segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), a discrepância entre o perfil das crianças disponíveis para adoção e o perfil que aguardam nas filas...

Atividade física pós pandemia

Devido a pandemia do coronavírus muitas pessoas diminuíram a prática de atividades físicas o que afeta saúde e o bem estar de cada um....

Será mesmo o ENEM o bicho-papão?

Depois de tanto tempo sem escrever para o site, hoje me peguei pensando no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e achei necessário compartilhar...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Chico Buarque e seus belíssimos piropos

Piropos são galanteios, são cantadas que vinham em forma de poesia e a canção passou a utilizar. (Chico Buarque, 1999). No Brasil as canções que...

A volta imperiosa dos trens de passageiros

A necessidade que a grande massa trabalhadora tem, em sair diariamente de suas casas e chegar ao trabalho no horário previsto, vem se tornando...

Os Enganos pregados pelos homens em nome de Deus

Em nosso último artigo, falamos um pouco a respeito do Livro de Espíritos e escolhemos falar de Deus. Explicamos que é Deus segundo os...

O primeiro inventor da Paraíba

Quando o escritor português José Saramago lançou o “Memorial do Convento”, um dos seus livros mais elogiados, muitos leitores se depararam pela primeira vez...

Mais Lidas

Os Enganos pregados pelos homens em nome de Deus

Em nosso último artigo, falamos um pouco a respeito do Livro de Espíritos e escolhemos falar de Deus. Explicamos que é Deus segundo os...

Gonzaguinha

Ontem à noite, pela Rádio Universitária Urca, ouvi uma dessas músicas inesquecíveis que vivem guardadas nos redutos da memória, Feliz, das composições de Gonzaguinha,...

O que podemos entender como TRABALHO?

  Com a  proximidade  iminente do dia do trabalho e em função das  nossas ligações históricas com as representações  sindicais de visão classista, fui abordado...

A volta imperiosa dos trens de passageiros

A necessidade que a grande massa trabalhadora tem, em sair diariamente de suas casas e chegar ao trabalho no horário previsto, vem se tornando...