fbpx
30.1 C
João Pessoa
Início Luiz Célio Rangel AMOR SEM LIMITES: na saúde e na doença, na alegria e na...

AMOR SEM LIMITES: na saúde e na doença, na alegria e na tristeza…

Acredito que apenas ter saúde não é garantia de felicidade plena, posto que, apenas o amor verdadeiro pode certificar à felicidade integral. Assim, podemos afirmar que o amor é uma das melhores experiências que um ser humano pode vivenciar em qualquer etapa da vida.

Apenas o amor resiste e é capaz de suportar o peso de uma doença, de uma internação hospitalar longa, de cuidar, consolar e estar junto, mesmo em situações adversas, quando a esperança de vida começa a se esvair. O amor verdadeiro chega sem avisar, chega devagar, é sorrateiro, simples, despretensioso e muito generoso.

Só o amor faz surgir momentos alegres, mesmo quando não podemos fazer quase nada, além de estar presente na vida do outro, uma vez que o amor é a base do equilíbrio psicológico do ser humano.

É por isso que na troca de alianças os nubentes formulam essas juras de amor e não de felicidade:
“Prometo estar contigo na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza…”
Com esta frase dita e repetida em todo o mundo, homens e mulheres declaram estar inteiramente à disposição do outro.

O maior desafio é agir com ternura, amabilidade e delicadeza quando o(a) doente é vencido(a) pela dor física, pelo desânimo ou pelo mal humor, seja pela quantidade e efeito dos medicamentos, ou pela incapacidade momentânea de responder positivamente as carícias e amabilidades de quem cuida – sinais muito sutis de que o(a) paciente está chegando ao limite de suas forças.

A chegada da doença para além dos 70 anos é inevitável, consequência do mau funcionamento orgânico e até mesmo de alguns excessos cometidos no período de jovialidade. A pessoa que se encontra nesse estado passa a enfrentar restrições alimentares, sociais, econômicas, de lazer e até mesmo do exercício profissional. Esse quadro pode derivar sérias consequências de baixa autoestima da pessoa enferma.

Dou meu testemunho sobre muitos casos em que o amor se intensifica dia a dia, no cuidado do outro. Isso exige dedicação exclusiva e integral, que ocasiona a cuidadora assumir uma nova dinâmica de vida, baseada nas necessidades de oferecer o melhor conforto.

Existem companheiras e companheiros carinhosos e dedicados, que alavancam a autoestima e a qualidade de vida do(a) doente – essa é uma das melhores ações terapêuticas em busca de uma cura. É necessário compreender os medos, as incertezas e as angústias do paciente. Cuidar integralmente é focar no respeito ao outro, levando em conta suas particularidades.

É por isso que se diz: “O amor faz milagres!”.

Há casos em que o cotidiano pode embotar o brilho de uma convivência harmônica. Quando isso acontecer, lembre-se de repetir juntos as mesmas juras firmadas na cerimônia de casamento. É muito importante lembrar sempre desse compromisso.

Posso afirmar que por esses dias, duas esposas, entre muitas, se sobressaíram no desempenho desse compromisso nupcial, se esmerando em cuidar, assistir e estar presente, com amorosidade e afinco na recuperação de seus maridos. Mesmo considerando que esta atividade é estressante, cansativa, provocando grande desgaste físico e emocional, não só por não haver uma acomodação adequada no ambiente hospitalar, mas também por conviver de perto com o sofrimento do paciente. Mesmo assim, essas “leoas” deram tudo de si para o conforto e restabelecimento de seus maridos.

Talvez não existam palavras suficientes e significativas que nos permitam agradecer a essas “leoas”, pela dedicação, amorosidade, tolerância e atenção em seus cuidados.
Nossa gratidão por estarem sempre conosco, por nos amarem como somos, por chorarem e sorrirem conosco, mas, principalmente, por nunca desistirem do nosso bem-estar.

EM SÍNTESE: Quem ama cuida, dá carinho, ajuda, está sempre por perto e se esforça para ver a pessoa bem. O amor verdadeiro é a verdadeira felicidade.

Dedico esse texto a duas “esposas leoas”: Mabel Muniz Benevides Rangel (minha esposa) e Maria Gorette Carvalho Wanderley (esposa de João Vicente Machado Sobrinho).

Revisão de Texto: Nilma Lima

Relacionados

Negacionismo: vírus devastador que pode até matar

Negacionismo é o ato de rejeitar terminantemente e/ou desconsiderar um fato ou conjunto de fatos notadamente bem aceitos por convenções científicas ou acadêmicas. Na...

A esperança agonizante de um povo sofrido

Dificilmente, fora do meu ciclo familiar, me pronuncio em questões pertinentes à política partidária. Aprendi a manter um silêncio obsequioso sobre essas questões com...

A MOÇA, OS MOÇOS, O SÁBIO E O BARQUEIRO

Ouvi essa história contada por um ancião chinês, conferencista do XX Congresso Panamericano de Acupuntura Tradicional Chinesa (México-2019). As regras do congresso eram por demais...

5 COMENTÁRIOS

  1. Luiz Célio hoje se excedeu nas tintas e nos brindou com esse artigo que apesar de ter muito de mim e dele, foi ao recôndito da alma de Tereza Lima m, segundo suas próprias palavras.
    No tocante às duas leoas uma delas é a minha companheira de vida e de Ideias Maria Gorette, que tem sido além de tudo o meu norte magnético. Insubstituível!

  2. Parabéns Célio, o texto é muito emocionante! O amor realmente faz
    milagre! O amor é coisa de Deus!
    O amor que falo, não é desejo, é o amor verdadeiro, onde as pessoas querem o bem do outro, e sentem alegria com o seu sucesso! Cristo sempre falava que não
    seria fácil.

  3. Ola Celio,
    Incrivelmente sensacional! Enquanto lía o texto me fez lembrar momentos que estuve tb fazendo papel de leoa.
    Grande verdade pq o amor cómo diz a biblia…tudo suporta! A base de tudo nesta vida é o amor.
    Tb me fez recordar ao ler seu texto, do 1° día q fui na sua consulta, do trato recibido, uma amabilidad que nunca tinha visto, entao fica comprovado agora esas Pessoa especial q eres. E Deus mandou uma leoa pra está viagem da vida, onde o amor sustenta as dificultades!
    Parabens Celio, por ser uma Pessoa tao especial, seguro q sua esposa tb é outra Pessoa incrivel!
    Parabens a voçes! Leoa e leao!!
    Que este amor ❤️❤️ passe para suas geraçoes!!
    Abraço grande a voçe, esposa, filhos e toda familia!
    Feliz Ano Novo!!
    Obrigado pela atençao quando mais necessitei, nos momentos mais débil da minha vida, quando estive tao enferma, do corpo e da alma.
    Deus lhe abençoe e lhe guarde cada día, sus esposa e familiares!

  4. Parabens pelo incrivel texto e reconhecimento do amor das leoas aos seus leoes!!
    Maravilhoso!!.💖🥰💞💐😃👏👏👏👏👏a estas leoas incriveis!🤩💋💋🌺🫀💪💪valentes e amorosas!!
    Lembrese q tb eres um leao!
    Festa geraçao cada q é um privilegio Ter como companheiros e amizades!
    Eres especial Celio!!
    Uma Pessoa incrivel.
    Nao tenho palabras para agradecer o que fizeste por mim!
    Grande peifissional!
    Que Deus faça um milagro na🙏sua vida e lhe cure de qualquer doença que posea surgir!!.
    Deus abençoe sempre!
    Abraço
    Dorian Rose

  5. É uma bençao Ter “um norte magnético” ao seu lado!

    Agradecer a Deus por esta oportunidade que poucos tem!
    ❤️😍😀💐🌷💯👏👏👏

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

A volta imperiosa dos trens de passageiros

A necessidade que a grande massa trabalhadora tem, em sair diariamente de suas casas e chegar ao trabalho no horário previsto, vem se tornando...

Os Enganos pregados pelos homens em nome de Deus

Em nosso último artigo, falamos um pouco a respeito do Livro de Espíritos e escolhemos falar de Deus. Explicamos que é Deus segundo os...

O primeiro inventor da Paraíba

Quando o escritor português José Saramago lançou o “Memorial do Convento”, um dos seus livros mais elogiados, muitos leitores se depararam pela primeira vez...

Dia do Trabalho?

O dia mundialmente consagrado ao trabalho no ano em curso, irá  coincidir   com uma grave crise  econômica   que gerou a pior das recessões dos...

Mais Lidas

Os Enganos pregados pelos homens em nome de Deus

Em nosso último artigo, falamos um pouco a respeito do Livro de Espíritos e escolhemos falar de Deus. Explicamos que é Deus segundo os...

Gonzaguinha

Ontem à noite, pela Rádio Universitária Urca, ouvi uma dessas músicas inesquecíveis que vivem guardadas nos redutos da memória, Feliz, das composições de Gonzaguinha,...

O que podemos entender como TRABALHO?

  Com a  proximidade  iminente do dia do trabalho e em função das  nossas ligações históricas com as representações  sindicais de visão classista, fui abordado...

Os maiores Cânions do mundo

Há  dias passados  assistimos um documentário  sobre o Rio Poty que envolve a sua  travessia da Serra da Ibiapaba nas proximidades  da cidade de...