fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início Emerson Monteiro A razão e o coração do nosso intimo de ser

A razão e o coração do nosso intimo de ser

Intelecto e sentimento, eis as duas parcelas do único todo que somos nós. Flutuamos, pois, entre os dois instrumentos dessa unidade que a transportamos no íntimo do ser. Trabalhamos nos dois pratos dessa balança à busca de equilibrar no fiel que nos domina; os dois hemisférios do que somos, alternativas às nossas mãos, durante todo tempo. Raciocinar e sonhar. E nesse movimento há o comando que se desmancha nas escolhas constantes de um eu que testemunha enquanto age, a mente, e o resultado é o existir.

Raciocínio vive nos limites da matéria, enquanto coração sobrevoa aos lugares distantes da fé, da imaginação e dos sentimentos. Bem nisso, nessa dicotomia, deslizamos quais equilibristas num fio. Por mais queiramos seguir doutro modo, a tais situações fomos estabelecidos desde sempre. Frutos dessas flutuações, viemos no intuito de praticar o senso da compreensão da árvore do Conhecimento entre eles dois. Um a um, independentes, no entanto restritos a este padrão de entendimento; assim tangemos o barco da existência feitos escravos e senhores de nós mesmos.

À medida de nossa evolução pelas vidas, identificaremos o jeito próprio de operar a condição humana, até galgar o nível superior na escala da evolução. A consequência disto representa o resultado da missão dos seres inteligentes. Autores da missão de participar da Natureza, que levemos em conta o aprimoramento da Consciência que nos foi depositada.

Herdeiros universais de tudo quanto significa a experiência de todos os reinos e elementos essenciais do processo Vida, tocamos adiante, o mecanismo dessa teia maravilhosa da Criação. Heróis em potencial de tudo, durante o infinito das eras, seres independentes entre si, elaboramos o roteiro, à medida em que aperfeiçoamos a compreensão, e exercitamos o poder de nossas mãos.

Ninguém, por si só, esteja abaixo ou acima dos demais. O que importa, na verdade, é cumprir fielmente aquilo a que estamos destinados, na busca da síntese do Universo através de toda Humanidade.

 

 

Relacionados

O justo fruto das nossas ações

O ímpio recebe pagamentos enganosos, mas quem semeia a justiça colhe segura recompensa. Provérbios 11:18 Ao chegar da escola, ainda contrariada por causa de alguma...

O pato e a garrafa

Nas técnicas adotadas pelo Zen Budismo existem os koans (pequenas histórias enigmáticas destinadas a confundir o intelecto até que apreenda que existe dimensão além...

O cerco de Mossoró

Mossoró, no Rio Grande do Norte, possuía algo em torno de 20 mil habitantes quando Virgulino Ferreira da Silva resolveu impor a chantagem de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Trinta Navios de Dimas Macedo

Navegar, mergulhar e voltar à tona sempre foi um desafio na vida de Dimas Macedo. Os Navios construídos por ele navegaram do Rio Salgado...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...