fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início João Vicente Machado O paralelo da minha vida com o curso do Rio

O paralelo da minha vida com o curso do Rio

“A Geomorfologia é uma área das Ciências da Terra responsável pelo estudo das formas superficiais de relevo, tanto em suas fisionomias atuais quanto em seu processo geológico e histórico de formação e transformação. Esse campo do conhecimento é visto como uma área de intersecção entre duas diferentes ciências: a Geografia e a Geologia.”

Com esta definição chegamos ao nascedouro do nosso raciocínio para falar da bacia hidrográfica dos cursos d’agua que são rios e riachos, ou seja, dos caminhos dos cursos d’agua em sua direção ao mar.

Esse tema desperta no nordestino do semiárido um interesse especial, haja vista a irregularidade no regime de chuvas, o que nos induz a lançar o olhar curioso para uma população de 32 milhões de pessoas que vive e convive de perto com esse fenômeno, por haver nascido, crescido e ser morador do semiárido.

                                                    Bacia Hidrográfica

A figura acima expressa em imagem o nosso raciocínio mostrando toda visão da uma bacia hidrográfica de um Rio e dos seus tributários ou afluentes.

A linha pontilhada em vermelho, delimita esquematicamente a bacia hidrográfica representadas pelos divisores de água, que é a cumeada das serras que a contornam.

Dá para perceber que existe um curso d’agua mais robusto que é o Rio principal e outros mais raquíticos que são os riachos afluentes, mas é do curso principal que queremos tratar aqui.

                                     Figura – 02  -Perfil da bacia hidrográfica
Os rios sempre têm três trechos muito bem definidos pela hidrologia, que são: o curso alto, o curso médio e o curso baixo, que podem ser associados à vida animal com uma denominação peculiar comparativa com: a  infância (curso alto), a juventude (curso médio) e  a velhice (curso baixo).

Isso se deve ao relevo terrestre que é declinante a partir das partes mais íngremes até as planícies. À medida que a declividade diminui o Rio perde velocidade e força. Daí a comparação com as partes já citadas e, no alto curso ou na infância o rio é como uma criança peralta que dá saltos ornamentais espetaculares (cachoeiras) e corre velozmente como fazem as crianças.

                                   Figura 03 – Perfil  dos trechos do Rio

No curso médio já não saltam tanto e as cachoeiras deixam praticamente de existir principalmente na fase transitória entre o curso médio e baixo, já na velhice, onde nem saltam mais nem correm, e escoam em   meandros em forma de serpente.

Mesmo assim, de uma forma ou de outra, dá para perceber que no seu caminho, o rio não se deixa parar pelos obstáculos que involuntária ou até propositadamente lhe é interposto no percurso, vencendo todos eles, um a um.

Para mim o rio é um grande exemplo de tenacidade, de garra e de determinação tendo me servido de paradigma durante toda minha vida, pois igual a ele, todos nós temos os intercursos que nos surgem e que precisamos superar.

Tomarei como exemplo um rio muito conhecido da população brasileira, notadamente a do nordeste brasileiro que é o Rio São Francisco, o chamado Rio dos Currais e que tem um curso total aproximado de 2800Km cortando o território brasileiro de sul a norte até chegar ao mar, onde as suas peculiaridades ilustram  o nosso exemplo da forma mais pedagógica possível.

                                        Figura  04 – Nascente do Rio São Francisco

O rio São Francisco nasce na serra da Canastra em Minas Gerais, numa altitude média de 1200m e como toda nascente, é apenas uma surgência de água que irá percorrer aproximadamente 2800 Km até o seu encontro com o mar.

O alto São Francisco tem uma extensão aproximada de 900 Km que vai da nascente até a cidade mineira de  Pirapora e é nessa parte que ele recebe o seu maior afluente, o Rio das Velhas vindo da região de Belo Horizonte, para enfrentar o seu primeiro obstáculo artificial que é a Barragem de Três Marias.

                           Figura 05- Barragem de Três Marias em Minas, Transbordando

Exatamente nesse ponto o rio nos dá o primeiro grande exemplo de superação ao se deparar com o paredão da Barragem, tendo seu curso bloqueado pela construção, ele procurou a várzea e se estendeu nela, mas mesmo assim não encontrando  uma saída, um caminho. Por isso começou a crescer, crescer, crescer e se os construtores não tivessem colocado um dispositivo chamado  extravasor ou sangradouro, ele teria rompido o paredão para seguir em frente.

                                Figura 06-Barragem de Xingo transbordando

A partir desse primeiro obstáculo o rio vai encontrar mais 7 outros que são: 1 barragem em de Sobradinho1 barragem em Itaparica4 barragens  em Paulo Afonso, e a última barragem  em Xingó, todas elas situadas no médio São Francisco que vai de Pirapora até a cidade de  Piranhas no estado de Alagoas, numa extensão de 1500 Km.

A sua parte final, ou o baixo São Francisco, se estende desde  Piranhas até a foz, numa extensão de 300Km, drenando no total,  uma bacia hidrográfica de 641.000Km2.

Observa-se que da mesma forma do Rio, na nossa caminhada de vida com certeza iremos sempre encontrar que obstáculos que precisam serem transpostos e é aí que reside a medida da nossa grandeza e aí que se mede a nossa capacidade. Pode até ser difícil, mas com certeza  é possível .  Se o Rio consegue, sigamos o exemplo do Rio e caminhemos resolutos. É a natureza mais uma vez nos ensinando. Pense nisso!

                                           Figura 07- vencendo  obstáculos
 
 
 
 

Relacionados

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Absolutismo á Brasileira em Pleno no Século 21

O absolutismo foi um sistema de governo político e econômico, adotado na Europa entre os séculos XVI e XVIII, na fase transitória entre o...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...