fbpx
21.9 C
João Pessoa
Início João Vicente Machado Trabalho e a força do trabalho, qual diferença?

Trabalho e a força do trabalho, qual diferença?

O sitio(site) de João Vicente Machado, sempre em sintonia com o seu público de leitores e internautas, atendendo às solicitações diversas que nos chegam por via digital, inaugurou uma página de esclarecimentos sobre os diversos temas abordados pelos nossos articulistas. A nossa preocupação é que o leitor entenda, pois se assim o fizer ele terá capacidade de interpretar.

Coerente com o nosso papel de informar com fidelidade os fatos atuais ou históricos, elegemos para hoje, um tema recorrente e o mais comentado no período e  através do uso de uma linguagem simples, inteligível e acessível a todos, tentamos traduzi – lo de forma elementar, recomendando sempre a necessidade de um aprofundamento maior  através da leitura. Ou seja, a conceituação que usamos é elementar e muito despretensiosa, em forma de perguntas e respostas e esta semana em que é comemorado o dia internacional do trabalho, resolvemos elege-lo como tema da nossa conversa informal de hoje: 

Reiteramos o s o que dissemos lá no início: aprofundem na leitura, estudem, estudem e estudem mais para construir de forma consciente  o seu caminhar contra a exploração.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Relacionados

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Absolutismo á Brasileira em Pleno no Século 21

O absolutismo foi um sistema de governo político e econômico, adotado na Europa entre os séculos XVI e XVIII, na fase transitória entre o...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

1 COMENTÁRIO

  1. LUIZ CÉLIO:
    Parabéns amigo João Vicente pelo seu belo e esclarecedor texto sobre A FORÇA DO TRABALHO. 👏👏👏👏
    Trabalhar é condição essencial, não somente pela manutenção financeira, mas pela dignificação da vida.
    Voltaire (1694 — 1778), escritor, ensaísta e filósofo iluminista francês, assim definia: “O trabalho poupa-nos de três grandes males: tédio, vícios e necessidades.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...