fbpx
28.1 C
João Pessoa
Início Ronilton Lins Estamos à beira do caos econômico?

Estamos à beira do caos econômico?

A Paraíba amanheceu esperançosa e orgulhosa com a nomeação de um filho de sua terra a ocupar o 50º Ministério da Saúde da República Federativa do Brasil, quando o Brasil aponta mais de 282.000 mortes, atualmente, em média 1.800 mortes/dia.

O currículo do ministro Dr. Marcelo Queiroga, encontra-se repleto de experiências técnicas na área médica e científica.

Graduado pela UFPB, o atual ministro, fez residência no Hospital Adventista do Rio de Janeiro, especializando-se em Cardiologia com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista.

Presidente da SBC no biênio 2020-2021 foi conselheiro titular do Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba e indicado por Jair Bolsonaro para um cargo na direção da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Também atua como Dirigente da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, na qual já exerceu a presidência no biênio 2012/2013, sendo membro permanente do seu Conselho Consultivo. 

A emergência que estamos vivendo nesta pandemia da Covid-19 reforça a importância da pesquisa científica. A ciência é uma das mais poderosas formas de produzir conhecimento, e o conhecimento é cada vez mais essencial para entendermos o mundo em que vivemos e para vivermos melhor nele, desenvolvendo uma sociedade cada vez mais justa. 

Acreditamos que o atual Ministro da Saúde vai seguir os protocolos recomendados pela OMS, desestimulando aglomeração e promovendo uma ampla e irrestrita vacinação, sendo essa a boa notícia esperada por todos nós brasileiros.

Sem olvidar das medidas restritivas imprescindíveis a disseminação do novo corona vírus e suas variantes, cumpre assinalar, o momento em que os empresários, notadamente, do setor turístico e de entretenimento estão passando, sendo estes os setores mais prejudicados.

A magnitude desse segmento chega a movimentar bilhões de reais por ano, sendo o grande mote de atração turística em regiões e cidades-pólo do país, a exemplo do Carnaval em Olinda e do São João nas Cidades de Caruaru e Campina Grande. O carnaval que o ano passado, felizmente, escapou por pouco da calamidade da pandemia, este ano não teve a mesma sorte, já o período Junino desse ano novamente será impactado sobremaneira pela pandemia e pelas restrições às atividades artística e cultural.

Nesse diapasão, não podemos deixar de assinalar a preocupação com os pequenos produtores artístico e cultural, que nesse momento estão tentando se adaptar em novos ofícios, face a ausência de trabalho. Na Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba, a deputada estadual Estela Bezerra (PSB), vem tentando colaborar com o desenvolvimento do estado, sobretudo, no campo da cultura, no ano passado apresentou um requerimento para que fosse destinado R$ 300 mil do programa do Poder Legislativo de enfretamento ao Corona vírus, para cultura e profissionais paraibanos, infelizmente não houve aprovação da casa. 

Atualmente, estamos novamente na iminência de um novo lockdown. Alguns estados ainda não decretaram, mas cada vez mais estão dando sinais nos próximos dias, em razão do colapso nacional na rede hospitalar, temos quase 100 % dos leitos ocupados, sem apoio do governo federal até o presente momento, alguns setores econômicos já projetam o aumento de desempregados e falências, uma vez que a economia está desprotegida contra a quebradeira que se desdenha nos próximos meses, o acesso ao crédito e programas de manutenção do emprego, por exemplo, são medidas que foram adotadas no início da pandemia, ainda em 2020, mas não retornaram para o horizonte do governo neste início de ano, sem embargo, que a vacinação também desafogaria a população infectada, está longe de atingir grande parte da população.

Os estabelecimentos estão cada vez mais com os caixas completamente restrito e acumulando dívidas com bancos, proprietários de imóveis, fornecedores além das contas de energia, IPTU e outros impostos que chegam mensalmente.

As previsões para a retomada da economia no setor de entretenimento andarão a passos lentos. Espera-se que só após o surto do vírus, sejam retomadas as viagens essenciais como as de saúde e visita a parentes. Após esse primeiro momento, o impulso será a retomada de viagens doméstica de lazer e trabalho, movimentando toda uma cadeia que se encontra por trás, como a dos artistas, dos bares, restaurantes, artesãos e profissionais afins.

Enquanto isso cabe às empresas torcer para que as políticas de incentivo do governo sejam implantadas em curto prazo e a vacinação em massa seja implementadas através de incentivo e compra pelo governo federal e estadual e distribuída aos municípios.

  

Relacionados

A importância da Mata do Buraquinho na cidade de João Pessoa

A preocupação com a conservação da biodiversidade decorrente das constantes perturbações nos ecossistemas naturais tem crescido exponencialmente, uma vez que, como forma de minimizar...

O mundo discute sustentabilidade em Dubai

Sustentabilidade! Uma palavra da moda. Ouvimos falar quase que diariamente: cidade sustentável, vida sustentável, indústria sustentável, desenvolvimento sustentável. As cidades são por sua natureza insustentável,...

A espera do vento de Aracati no sombreiro:um legado do sertanejo

Sou filho de sertanejo com raízes fincadas na minha Jatobá, no interior da Paraíba, conhecida por São José de Piranhas, lá no meu sertão...

2 COMENTÁRIOS

  1. O currículum do novo ministro da Saúde apresentado no texto nos dá um novo alento bem como a esperança de sair dessa situacao de morte que estamos vivenciando. Nos resta torcer para que ele se ancore na Ciência e não nas decisões malucas
    do presidente genocida

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...