fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início Ronilton Lins O glamour da advocacia

O glamour da advocacia

A  vida corrida de um advogado começa de manhã cedo. Porque tem audiência, tem prazo, tem trânsito. Acordamos, tomamos um banho e um café preto, colocamos sapatos que apertam, gravatas que apertam, ternos que apertam, mesmo morando em um país de clima tropical, saímos parecendo um pinguim para a defesa intransigente dos nossos clientes. Alguns pegam o carro, que de uns poucos é Mercedes e de muitos outros é Palio, Celta e Corsa. Outros tantos pegam metrô, ônibus e trem, fora aqueles que utilizam seu carro no trajeto para os fóruns e ganham um dinheirinho extra fazendo uber. E assim começa o dia.

O dia esse que começa com a cabeça cheia com clientes ligando, cobrando agilidade nos processos,  e nesse corre-corre a gente tenta se acostumar. O whatsaapp também não para: e aí doutor alguma novidade?. Reunião com cliente. A internet não funciona, o PJE (peticionamento eletrônico) cai. Preparar defesas e recursos e temos a impressão que no final do dia vamos perder o prazo. Ver se aquele pagamento atrasado caiu. Ou se o juiz despachou, espeça-se Alvará.

Não posso  deixar de mencionar os vários clientes insanos na nossa vida glamourosa. Que gritam, que se revoltam com o judiciário, que desabafam e as vezes se tornam amigos, sem falar nos que ligam no domingo na hora do fantástico, que nos acusam de não estar dando atenção ao caso dele, mesmo que estejamos acompanhando o andamento com toda diligência que se faz necessário.

Sem falar dos cliente que simplesmente não nos paga. E não são poucos. E que esses honorários que a gente deixa de receber não servem para comprar bolsas caras ou ternos italianos. Servem para pagar aluguel, para pagar o estagiário, para comprar os livros que embasam nossas teses. E mesmo quando os clientes pagam, nem sempre o orçamento fecha.

E nesse dia a dia a gente estuda, faz pós on line. Atualiza-se pelas novas leis que vão surgindo, em detrimento daquelas de quando a gente se formou. Lê artigos sobre o que mudou no Código de Processo.  E tem aqueles que querem fazer mestrado. Os que não vão, quase sempre é por falta de grana. Porque com a falta de tempo e com a falta de saúde a gente já aprendeu a lidar, sem contar que a nossa crise de ansiedade que não para.

E o engraçado é que para a maioria das pessoas, todas as profissões podem ser bem remuneradas, a exemplo do engenheiro e do médico.  Mas o advogado não. Se o advogado ganha bem, todo mundo já acha que é porque se aproveita dos clientes, faz esquema. Não pode ser por talento, nem dom, nem estudo, nem dedicação.

A desonestidade existe e existirá em todas as profissões. Assim como médico desonesto, engenheiro desonesto, jogador de futebol desonesto. Mas digo com a maior tranquilidade: esses caras são exceção, não regra.

Trabalhar pouco e ser advogado são expressões que nunca andam juntas, pois sempre tem algo para ser feito.

Sou advogado. Tenho orgulho da minha profissão, nesse interregno já exerci alguns cargos públicos que muito contribuiu para minha formação profissional e humana. Somos essencial a justiça, assim como preconiza o art. 133 da CF , a lei só estabelece prazo peremptório para uma das partes, a dos advogados, para o juiz e o Ministério Publico os prazos são flexíveis. Somos aqueles que busca a justiça na sua inercia, fazendo florescer o mundo menos desigual, finalizo com a Frase de Rui Barbosa:

                    “Justiça tardia nada mais é do que injustiça institucionalizada”.

 A Escola de Samba do RJ, em 1989 teve em seu Samba Enredo a musica – Direito é Direito e aqui trago para que você possa ouvir.

Relacionados

A importância da Mata do Buraquinho na cidade de João Pessoa

A preocupação com a conservação da biodiversidade decorrente das constantes perturbações nos ecossistemas naturais tem crescido exponencialmente, uma vez que, como forma de minimizar...

O mundo discute sustentabilidade em Dubai

Sustentabilidade! Uma palavra da moda. Ouvimos falar quase que diariamente: cidade sustentável, vida sustentável, indústria sustentável, desenvolvimento sustentável. As cidades são por sua natureza insustentável,...

A espera do vento de Aracati no sombreiro:um legado do sertanejo

Sou filho de sertanejo com raízes fincadas na minha Jatobá, no interior da Paraíba, conhecida por São José de Piranhas, lá no meu sertão...

9 COMENTÁRIOS

  1. Belíssimo texto… me levou para o cotidiano do advogado e me desconstruiu certos pré-conceitos… Também pela intensidade da narrativa me veio a mente o poema de Manoel Bandeira "Trem de Ferro" (Café com Pão)… Parabéns!

  2. Creio que Ronilton Pereira Lins fez uma radiografia da labuta dos advogados.
    Muita gente pensa que a rotina deles é somente Glamour.
    Como em todas as profissões o advogado tem de ir à luta e construir o seu espaço mesmo com toda uma avaliação em contrário.
    Parabéns ao querido Ronilton Pereira Lins e s todos os advogados que comungaram conosco dessa ideia.

  3. Texto retratado com excelência, poruma categoria que com abnegação e esforço estão para dar suporte ao cliente em tempos tempestuosos e difíceis. Parabéns meu querido amigo por retratar a alma do advogado em sua batalha concernente o seu cotidiano.

  4. Desconstruindo significados pré moldados historicamente.Foi o que o seu texto me fez refletir. Quem nunca sonhou em ser advogado (a)? Mas quem de fato são essas pessoas e quais são as suas lutas diárias? Somente aquele(es) que vivenciam é que podem nos descrever com tamanha precisão e reflexão. Adorei conhecer essa outra perspectiva da advocacia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...