fbpx
29.1 C
João Pessoa
Início João Vicente Machado A variante do Covid 19

A variante do Covid 19

 

O crescimento da pandemia do Covid 19 nos obrigou a mudar o nosso rito editorial, em comum acordo com o Dr: Ronilton Pereira Lins que escreve às sextas feiras excelentes artigos com a sua visão de jurisconsulto.. Tivemos que ocupar improrrogavelmente  o espaço que lhe é reservado, para tratar de um assunto recorrente, que tem assumido proporções gigantescas e alarmantes e levado à morte milhares de pessoas.

Desde o principio da crise sanitária, a ciência tem orientado as autoridades sanitárias de um modo geral e o governo brasileiro de modo particular, para a adoção de políticas públicas de enfrentamento da pandemia. No entanto, o  Ministério da Saúde, na pessoa do próprio Ministro,  a quem competiria por oficio  o planejamento, a implantação, o monitoramento,  e a sustentabilidade das ações de saúde, nada faz, mesmo tendo ao seu dispor  do maior Programa de Saúde Pública do mundo que é o Sistema Único de Saúde – SUS, o qual  precisa ser fortalecido e revigorado, pois o resto ele sabe fazer.

Desde o principio da pandemia é patente a falta de sintonia entre as esferas de governo, onde o protagonismo tem na iniciativa dos governos estaduais, obrigados a enfrentar sozinhos a virose, e ainda por cima  ter de suportar a  incompetência crônica do ministério da saúde que já trocou de ministros por quatro vezes, alguns deles pusilanimemente suportando   a pressão dos grupos econômicos e financeiros pelo fim do isolamento, a pressão popular pelo emprego perdido ou não conseguido e a incompreensão de parte da população que subestima a gravidade e afronta todas as regras de isolamento e higiene  propostas.

O péssimo exemplo do Presidente Bolsonaro deve ter servido de paradigma para essa loucura coletiva que a todo instante procura burlar a vigilância sanitária e policial, a ponto de um Deputado amigo da família Bolsonaro, preso por desrespeito ao STF como instituição, se negar acintosamente a usar máscara, aplaudido pela milícia que o seguia, que ao largo  agredia os contrários em frente à Delegacia de Policia.

A aglomeração é sem duvidas a maior causa de propagação da doença, e precisa ser,  combatida, se preciso, energicamente.

É bom lembrar que três momentos de aglomeração que foram as eleições, o natal e o ano novo, tiveram como reflexo essa escalada crescente de contágio que conduziu a rede pública ao pré – colapso do atendimento no qual nos encontramos.

Carnaval Lucena/PB 2021

Agora, por ocasião do  carnaval, a leniência e pusilanimidade dos governadores, aliada à   imprudência de parte da população, foi armada  uma bomba relógio que explodirá nas próximas semanas.

Apelamos mais uma vez às pessoas de boa vontade para que façam a sua parte e lembrem-se de que a euforia, a musicalidade e a sonoridade  do seu frevo, paradoxalmente contrastam com o som da marcha fúnebre das famílias dos mortos.

É verdade que a vacina que passou por um processo contestatório e procrastinatório por parte do próprio Presidente da República sem nenhuma fundamentação cientifica,  chegou como fruto da forte  pressão popular.

O processo de vacinação, mesmo sofrendo o racionamento por parte do governo federal, começou e a duras penas vem sendo desenvolvido. Todavia engana-se quem pensa que a vacina por si só dispensa o isolamento e as práticas de higiene. Ledo engano que pode custar vidas humanas.

Portanto sejamos humanos e solidários porque o próximo entubado  poderá ser um de nós, isso se tiver leito de UTI disponível. Do contrario e infelizmente, a morte ocorrerá  nos corredores dos hospitais superlotados.

 

Dados dia 18/02/2021

 

 

 

 

Relacionados

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Absolutismo á Brasileira em Pleno no Século 21

O absolutismo foi um sistema de governo político e econômico, adotado na Europa entre os séculos XVI e XVIII, na fase transitória entre o...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

2 COMENTÁRIOS

  1. A responsabilidade pela elaboração e implementação de políticas públicas de saúde em qualquer país que se prese é do governo federal.
    Jair Bolsonaro além de dar as costas para o povo nessa hora de agudizzcao da crise sanitária tem incentivado com o seu mau exemplo a transgressão às regras básicas de contensão da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...