fbpx
23.1 C
João Pessoa
Início Ronilton Lins O meio ambiente e os instrumentos jurídicos de proteção

O meio ambiente e os instrumentos jurídicos de proteção

 Por: Ronilton Lins

Hoje, recebi com muita alegria e senso de responsabilidade a estreia no Site do engenheiro sanitarista João Vicente Machado Sobrinho, espero corresponder a expectativa dos seus leitores, que, diga-se de passagem, têm um senso crítico acurado em consonância com o signatário desse sítio.

Falar de temas jurídicos, sobretudo na seara ambiental, rende-me variadas preocupações diante do quadro político que estamos vivendo, de total desrespeito as instituições do SISNAMA cuja finalidade precípua é defender o meio ambiente devidamente equilibrado, conforme preconiza nossa Carta Magna no art. 225 da CF, até porque o cuidado com as gerações futuras ganha ainda mais aflição, diante do quadro de degradação que estamos vivendo hodiernamente.

Entretanto, trazer o conceito de direito Ambiental significa trazer em destaque a própria concepção do meio-ambiente e o ambiente vasto em que vivemos, nas palavras de Édis Milaré (2014, p. 161), “a proteção do meio ambiente, embora sem perder seus vínculos originais com a saúde humana, ganha identidade própria, por que é mais abrangente e compreensiva. ”

Significa dizer que o meio ambiente não é somente de uso comum de todas as pessoas, mas também de responsabilidade dessas, salienta-se que após o advento da Constituição Federal de 1988, a carta excelsa firmou uma preocupação maior com a tutela ambiental.

Sem perder essa identidade que o meio ambiente natural, aqui retratado, perpassa por uma preocupação não só do Estado, mas sim de toda coletividade aqui inserida, ressaltando que o legislador infraconstitucional assegurou mecanismo para que o cidadão apto com suas obrigações eleitorais, promova ação popular para assegurar o que o legislador constitucional previu: “a preservação e o meio ambiente ecologicamente equilibrado”.

A Constituição Federal, posteriormente, reconheceu expressamente a existência de interesses difusos e garantiu, no art. 129, III, a inclusão da ação civil pública às funções institucionais do Ministério Público que teve seu campo de atuação ampliado não só para a proteção do patrimônio público, social e do meio ambiente, mas também para a guarda de outros interesses difusos e coletivos. Assim, de acordo com o art. 5° da Lei 7.347/1985, são legitimados para propor a ação principal e a ação cautelar o Ministério Público, a Defensoria Pública, as pessoas jurídicas da Administração Indireta (União, Estados, Distrito Federal e Municípios), as pessoas jurídicas da Administração Pública e as associações que estejam constituídas há pelo menos um ano e que tenham em seus fins institucionais a previsão do objeto a ser tutelado em juízo (FREITAS FILHO, 2007, p. 3). A titularidade do Ministério Público atualmente é bastante ampla e, com a criação da Advocacia Geral da União (AGU), passou a ter plena independência para demandar instrumentos de tutela coletiva. Ao cidadão cabe uma titularidade restrita, considerando que a ação popular somente pode ter por objeto a anulação de ato lesivo ao patrimônio público ou à entidade de que o Estado participe, à moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural.

Finalmente, quero lembrar novamente as palavras do festejado Édis Milaré, que tive o prazer de conhecê-lo quando estive a frente da Procuradoria Jurídica da Sudema, a ser aproveitada nesse artigo inaugural.

“Trabalhemos, pois, e arduamente, para que o Direito Ambiental consiga nos levar à reflexão e à concretização de um ideal superior: que todos Estados-nação e as sociedades nacionais se reconheçam como partes integrantes de uma realidade maior à espera de um ordenamento jurídico transcendental, capaz de reorganizar a convivência humana com e no planeta terra”.

Relacionados

A importância da Mata do Buraquinho na cidade de João Pessoa

A preocupação com a conservação da biodiversidade decorrente das constantes perturbações nos ecossistemas naturais tem crescido exponencialmente, uma vez que, como forma de minimizar...

O mundo discute sustentabilidade em Dubai

Sustentabilidade! Uma palavra da moda. Ouvimos falar quase que diariamente: cidade sustentável, vida sustentável, indústria sustentável, desenvolvimento sustentável. As cidades são por sua natureza insustentável,...

A espera do vento de Aracati no sombreiro:um legado do sertanejo

Sou filho de sertanejo com raízes fincadas na minha Jatobá, no interior da Paraíba, conhecida por São José de Piranhas, lá no meu sertão...

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais excelente matéria que o Blog de João Vicente Machado nos traz, desta feita tratando do Meio Ambiente, pelo glorioso Colunista RONILTO LINS Mestre no assunto e defensor ferrenho das causas ambientais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

A primeira entrevista publicada no Brasil

Em 1808, quando D. João chegou ao Rio de Janeiro, fugindo das tropas de Napoleão que haviam invadido Portugal, trouxe na sua imensa bagagem...

Mês dos pais

Conceituam-se os fenômenos para atender às necessidades, sejam de mercado, sejam de conveniência, mas conceituar transforma o simples no complexo e o certo no...

O que é Depressão?

A depressão é um transtorno que envolve o corpo, o humor e os pensamentos. Ela interfere no cotidiano, nas relações sociais, nas relações familiares...

Macacos não transmitem a varíola

O Brasil está mais vez está enfrentando uma pandemia diferente. Dessa vez é a varíola dos macacos (do inglês monkeypox). Essa varíola apresenta sintomas...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...