fbpx
25.1 C
João Pessoa
Início Notícias A luz que nunca se apaga

A luz que nunca se apaga


Por: Cristina Couto

Assim como as estrelas somos centelhas de luz e estamos todos espalhados no grande planeta terra. Daqui contemplamos as nossas irmãs brilhando nos céus, somos tão irracionais que nem nos damos conta disso, e de lá, curiosamente elas nos veem brilhando na terra. Dessa forma, todo o universo fica iluminado. São milhares e milhões de pontos luminosos espalhados por toda a Galáxia. Umas brilham no alto e outras brilham no baixo, embora estejamos todos no alto e no baixo depende de onde se ver.

Ao longo da nossa curta existência, apenas mudamos de lugar, ao nascer uma centelha desce da amplidão dos céus e cai aqui na terra, ao morrer essa mesma centelha sobe da terra e ocupa seu lugar de origem que ficou guardado. O fato é que sempre brilhamos seja na terra, seja no céu.

Somos luzes e estrelas, nascemos e morremos como tudo que foi criado. Não! Essa ordem foi apenas estabelecida, penso que nem nascemos e nem morremos, trocamos de lugar dentro do grande equilíbrio universal. Mas de fato, vivemos, não importa a dimensão, vivemos mesmo para brilhar.


Aproveitem e vivam 2021. FELIZ ANO NOVO!!!

>

 

Artigo anteriorO PREÇO DOS COMBUSTIVEIS
Próximo artigoAVISO
Relacionados

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

3 COMENTÁRIOS

  1. A aurora de um novo ano sempre sugere dias melhores. O que esperamos é que a humanidade entenda que o sol que nasce para todos é o maior exemplo de solidariedade de igualdade de direitos. Portanto a duquesa que a natureza nos legou seja equitativamente distribuída.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

A primeira entrevista publicada no Brasil

Em 1808, quando D. João chegou ao Rio de Janeiro, fugindo das tropas de Napoleão que haviam invadido Portugal, trouxe na sua imensa bagagem...

Mês dos pais

Conceituam-se os fenômenos para atender às necessidades, sejam de mercado, sejam de conveniência, mas conceituar transforma o simples no complexo e o certo no...

O que é Depressão?

A depressão é um transtorno que envolve o corpo, o humor e os pensamentos. Ela interfere no cotidiano, nas relações sociais, nas relações familiares...

Macacos não transmitem a varíola

O Brasil está mais vez está enfrentando uma pandemia diferente. Dessa vez é a varíola dos macacos (do inglês monkeypox). Essa varíola apresenta sintomas...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...