fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início Notícias SUS o Presente de Grego

SUS o Presente de Grego


 Por João Vicente Machado

A Ilíada é um dos mais famosos romances de autoria de Homero, onde ele faz referência a um certo Cavalo de Troia, incluído nas narrativas da guerra entre gregos e troianos, quando um cavalo ôco, construído em madeira e considerado como um presente, foi doado pelos gregos e deixado nos portões da cidade. 

O cavalo conduzia no seu interior um número significativo de combatentes, sendo levado para o interior da fortificação, já que era um presente.

Nessa noite de trégua, os troianos resolveram tomar uma carraspana e depois de embriagados e eufóricos baixaram a guarda, permitindo a invasão da fortaleza pelos gregos que os derrotaram fragorosamente, cunhando para a história o famoso dito milenar denominado “Presente de Grego.”


  Mutatis mutandis, Bolsonaro com a sua reconhecida “generosidade e zelo,” escolheu exatamente o dia do funcionário público para “presentear” a nação brasileira, com o seu cavalo tupiniquim. 

    Em meio a uma pandemia que parece recrudescer com maior letalidade, o Presidente da República  assinou um decreto na segunda feira, 26/10/2020, publicado no Diário Oficial da União que diz: “…fica qualificada, no âmbito do Programa de Parcerias de  Investimentos, (PPI) a política de fomento ao setor de atenção primária  à saúde, para fins de elaboração de estudos de alternativas de parcerias com a iniciativa privada para a  construção, a modernização e a operação de Unidades Básicas de Saúde dos Estados, Distrito Federal e municípios.”

As Unidades Básicas de Saúde – UBS se constituem no portão de entrada do Sistema Único de Saúde, (SUS) e a sua gratuidade é assegurada pela Constituição Federal, que é bem clara em dizer que: “a saúde é direito de todos e dever do Estado.”

Ontem foi noticiado que o Presidente da República, numa característica tipicamente sui generis e assombrado com a reação popular suprapartidária, revogou o famigerado decreto, Todavia essas oscilações emocionais do Presidente, sugerem o entendimento e  uma melhor compreensão do maior programa de Saúde Pública do Mundo, o brasileiríssimo SUS e é o que tentaremos resumir.

O SUS, como já disse é um dos maiores, senão o maior e mais bem pensado sistema de saúde pública do mundo e em que pese as “forças terríveis” que o cercam, inclusive com seriíssimas restrições orçamentárias, mesmo assim foi graças ao SUS que o Brasil ainda conseguiu  está na posição que está, pois se dependesse das instancias de governo estaríamos muito piores. Portanto é dever e obrigação de todo cidadão brasileiro, notadamente a massa trabalhadora, defender com unhas e dentes essa conquista.

O SUS é regido por alguns princípios doutrinários tais como: 

. Universalidade: que assegura ao cidadão todos os serviços públicos de saúde em que o governo é obrigado a prover de forma igualitária para todos.

. Integralidade: as pessoas devem ser atendidas desde as necessidades básicas de forma integral, foca na prevenção e nas ações preventivas de saúde como o saneamento básico.

Equidade: todas as pessoas são iguais perante o SUS, mas a prestação será de acordo com a necessidade de cada um.

Além dos princípios doutrinários citados, existem os princípios organizativos do SUS:

.Descentralização: promove a redistribuição do poder e das responsabilidades de forma articulada entre as três esferas de governo, fortalecendo e dando autonomia aos municípios. 

Regionalização: aqueles municípios que têm uma estrutura de saúde mais adequada para a prestação realiza atendimentos para outros municípios mediante convênios de saúde.

. Hierarquização: é organização do acesso à prestação na rede laboratorial, classificando-a de baixa, media e alta complexidade. 

. Participação Social: se materializa por meio da efetivação dos conselhos de saúde: municipais, estaduais e nacionais e através  das conferências de saúde, onde o poder público efetiva e consolida as políticas públicas nas três  esferas de governo.

Um sistema público de saúde como esse, precisa inicialmente de entendimento e compreensão da sua essência que é o que parece está faltando aos membros do governo.

Aguardemos a recidiva que também faz parte das decisões do Presidente  da Republica que é uma gangorra emocional.



Consultas:https://www.bbc.com/news

                  https://blog.ipog.edu.br//

Fotografias:https://vamosestudarfisica.com/

                 https://aprender.ead.unb.br/;

Artigo anteriorLAVRAS: Cidade Morta
Próximo artigoQUIEN SERÁ?
Relacionados

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

A verdadeira face de Jesus

Em que pese a nossa condição de ateu, nascemos num lar cristão. Portanto não nos constrange revelar a nossa identidade com as práticas cristãs....

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Trinta Navios de Dimas Macedo

Navegar, mergulhar e voltar à tona sempre foi um desafio na vida de Dimas Macedo. Os Navios construídos por ele navegaram do Rio Salgado...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...