fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início São Paulo tem samba?
Array

São Paulo tem samba?

Essa é a pergunta corriqueira no meio dos aficionados do Samba, que  é considerado um ritmo nacional como o é o Tango Argentino e o Fado  Português.

Pelas dimensões continentais do nosso país há uma polêmica sobre a sua  origem, embora haja também um consenso sobre a  influência  da raça negra na sua raiz, que nasceu com o nome  Semba, lá na Bahia de Todos os Santos e Todos os  Deuses.

Com a grafia inicial  de Semba, palavra  originária da língua Iorubá-Nagô e de origem Nígero – Congolesa,  era falada pelos escravos  arrancados à força  da Nigéria e do Congo e comercializados nos portos do Recife ou Salvador no período do  Brasil colônia.

Para a grande parte dos moradores da cidade do Rio de Janeiro, o samba surgiu dos morros, das praias e da malandragem carioca, todavia foi um carioca da gema, Vinicius de Morais, que fez a letra do famoso Samba da Benção, composto em parceria com o músico baiano Baden Powell onde ele afirma repetidamente numa questão de justiça:

“….Pois o samba nasceu lá na Bahia

E se hoje ele é branco na poesia, 

Se hoje ele é branco na poesia,

Ele é negro demais no coração…”


Vinícius de Moraes e Baden Powell

No seio dessa polêmica toda surgiu a tese de que São Paulo não tem Samba, o que é uma meia verdade e meia verdade no dizer do saudoso  professor Frederico Simões Barbosa da FIOCRUZ,  é uma mentira.

Quem afirma que São Paulo não tem samba certamente não conhece a história de: Dona Inah, Germano Matias, Geraldo Filme, Paulo Vanzoline, Demônios da Garoa e Adoniran Barbosa, epíteto de João Rubinato, nascido em Valinhos cidade vizinho à Campinas Sp e como bom  descendente de italianos, foi crescido e formado musicalmente no meio da malandragem italiana do Largo do Bixiga na capital paulistana.

Do sexteto de músicos, cantores e compositores citados, surgiu um casamento muito profícuo musicalmente e que perdurou por mais de cinquenta anos, entre Adoniran Barbosa e os Demônios da Garoa. Foi uma fértil parceria que produziu vários sambas famosos e canções de sucesso, ainda hoje muito tocadas em rodas de samba, como: Tiro ao Álvaro, Saudosa Maloca, Iracema, Trem das Onze entre outros.
Adoniran Barbosa e Elis Regina

Adoniran que nasceu no dia 06 de agosto de 1910 em Valinhos como já dissemos anteriormente faleceu em 23 de novembro de 1982 e se vivo fosse faria no próximo dia 06, 110 anos. 

Quem ouve Adoniran cantando ou falando naquele seu linguajar humorado, pode imaginar tratar-se apenas de um caipira da Alta Mogiana. 

A essas pessoas eu recomendo ouvir na interpretação magistral de Elizete Cardoso a canção Bom Dia Tristeza, da lavra do Adoniran compositor, cantor, humorista e ator, expressão máxima do samba paulistano.

Sobre o professor e cientista Paulo Vanzoline o parceiro e pesquisador Flávio Brito já discorreu com muita precisão  nesse próprio site no dia 07 de julho de 2020 e você pode dar uma olhada.
Quanto aos demais falaremos futuramente, quem sabe!

De agora em diante você tem elementos para fazer juízo de valor sobre essa  polêmica e saber que:

SÃO PAULO TEM SAMBA SIM SENHOR!

Referncias:catracalivre.com.br;wikpédia;flaáviobrito;
entrevista: Paulo Vanzoline.
Fotografias:danielbarbosinha;PT-brfacebook.com

Relacionados

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Trinta Navios de Dimas Macedo

Navegar, mergulhar e voltar à tona sempre foi um desafio na vida de Dimas Macedo. Os Navios construídos por ele navegaram do Rio Salgado...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...