fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início O milho e o seu multiuso
Array

O milho e o seu multiuso



Por: João Vicente Machado

O Milho nosso de cada dia, de nome cientifico Zea Mays, é um cereal milenar que pelos registros  históricos teve origem no México há mais de sete mil anos e espalhou-se pelas três Américas e  o restante do   mundo.

Segundo os estudiosos o nome do milho, que significa sustento da vida, é a denominação carinhosa conferida pelas   nações indígenas da América Central do Caribe e do altiplano dos Andes. 
Era cultivado pelos Olmecas, os  Astecas e os Maias no México, pelos  Siboneys de  Cuba e pelos Incas do altiplano, onde ainda hoje  é cultura predominante e    alimento básico.

 Depois seu cultivo espalhou-se pelas três Américas e o mundo, inclusive pelo  nosso Brasil adquirindo utilidades múltiplas, desde a produção de etanol automotivo nos Estados Unidos, passando por um  componente por excelência de todas as rações e concentrados destinado ao  alimento dos rebanhos,  até a pluralidade de comidas de que é matéria prima  e ingrediente essencial.

 Enquanto aqui no Brasil produzimos o nosso etanol automotivo a partir da cana de açúcar, nos Estados Unidos a produção é feita a partir do milho.

Na mesa ele reina soberano e ocupa lugar de destaque no cultivo e na preferência popular.

Quando o fruto é utilizado verde pode ser comido cozido ou assado  e ao ser liquefeito vira matéria prima da pamonha, da canjica, do suco, do sorvete e do bolo.

Quando seco ele pode ser transformado em: amido de milho(maisena),  angu (polenta),  xerem,  mugunzá,  cuscuz, flocos,  pipoca, tortilha, broa de milho entre outros produtos industrializados.

Fazendo um balanço do seu  uso,  somente neste texto, já contamos 16 (dezesseis) utilidades  para o milho, o que nos permite afirmar que é um cereal que  não precisa de companhia para se impor como comida, tendo  luz própria,  diferentemente do arroz, também um cereal que é acompanhante de tudo quanto é prato, mas não caminha sozinho, em que pese ser um coadjuvante essencial a qualquer prato.

Trazemos hoje essas informações com o intuito de despertar as populações mais jovens e urbanas  para o milho e a  importância de  que é merecedor, alem de  mostrar  a importância desse cereal de uso cotidiano num mundo cada vez mais carente de alimentos, principalmente nessa época de festas juninas quando o milho é o rei da mesa.


  A presença da semente botanicamente modificada vem eliminando a semente natural germinativa e subordinando gradualmente o plantio do milho ao controle das multinacionais do ramo. 

Como as sementes transgênicas  não germinam, hoje a produção de sementes está sob o controle das multinacionais que passaram a produzi-las em laboratório sob segredo industrial e comercializa-las a preços estratosféricos,  ainda nos ironizando com o jingle: Agro é pop, agro é vida!

Alenta-nos o bolsão de resistência dos pequenos produtores que vêm mantendo a duras penas o cultivo do milho as quais chamam carinhosamente sementes do amor, apesar da pressão de grupos econômicos interessados em  elimina-las. 

Não sabemos até quando resistirão, mas é uma luta que merece apoio de todos, além de uma boa pauta para parlamentares comprometidos com o apoio aos agricultores, que se determinaram em  manter a nossa mesa livre de adubos e biocidas.
 
Fotografias: istockphoto.com e Ceará sementes.

Relacionados

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Trinta Navios de Dimas Macedo

Navegar, mergulhar e voltar à tona sempre foi um desafio na vida de Dimas Macedo. Os Navios construídos por ele navegaram do Rio Salgado...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...