fbpx
27.1 C
João Pessoa
Início O Cânion Rio Poti
Array

O Cânion Rio Poti

Cânion do Rio Poti

Por: João Vicente Machado

    O meu amigo e colega de trabalho, Olegário Pereira, nos brinda hoje com essa belíssima foto do cânion do Rio Poti, curso d’água compartilhado entre os estados do Ceará e do Piaui.

    Olegário mora e trabalha na cidade de Sousa, onde comecei a minha caminhada   profissional, recém  aprovado num concurso público da CAGEPA, na época dirigida pelo Dr. Guarany Marques Viana, que ao passar dos anos virou meu grande amigo, mentor e guru.

    Voltando ao tema do Rio, devo dizer que não conheço o acidente geográfico a que ele se reporta na  fotografia, mas já assisti vários documentários interessantes sobre o tema.

    Os dois estados são separados pela Serra da Ibiapaba, e o curso do Rio à procura de passagem não poderia encontrar outra forma de se superar senão vencê-la. Para tanto, e ao longo dos milênios,
rasgou  lentamente o ventre da terra e impôs o seu curso altaneiro até a sua foz no Rio Parnaíba.

    Aquela área até hoje é tida como zona de conflito entre os dois estados, e essa porfia remonta ao período do império, quando D. Pedro II, através de decreto, conciliou a disputa e legou uma abertura  do mar para o Piauí, na hoje cidade de Luís Correia, em troca da posse de Crateús e adjacências.

    O  Ceará  tem  dois cânions  belíssimos: o do Rio Poti, compartilhado com o Piauí, e o genuinamente cearense que é o Boqueirão de Lavras da Mangabeira, também mostrado numa fotografia reveladora  do seu encanto que é também, meu.


Cânion do Rio de Boqueirão, Lavras de Mangabeira

Relacionados

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

3 COMENTÁRIOS

  1. Caro amigo João Vicente, estamos em preparação de um livro sobre os rios da Márcia do Sul. Fomos incumbidos de descrever os rios que estão entre a foz do Amazonas e do tio São Francisco, onde não haverá de faltar os rios piauienses. Já estive no Poti, mas não tive o prazer de conhecer o seu cânion. Belíssimas fotos!

  2. O de Lavras da Mangabeira conheço muito bem. De beleza inigualável, cheio de mistérios, lendas e contos que ouvia na minha tenra infância. Desprotegido e abandonado pelo poder público vem sofrendo modificações ao longo dos anos. Lamentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Trinta Navios de Dimas Macedo

Navegar, mergulhar e voltar à tona sempre foi um desafio na vida de Dimas Macedo. Os Navios construídos por ele navegaram do Rio Salgado...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...