fbpx
29.1 C
João Pessoa
Início Notícias Sérgio Moro na Paraíba

Sérgio Moro na Paraíba

Por: João Vicente Machado

    
     A visita de um ministro de estado a qualquer uma das unidades da federação é um fato rotineiro justificável ao desenvolvimento do seu (dele) ofício. Nada de novo no reino da Dinamarca. 

  O ministério da justiça, atualmente ocupado por Moro, transformou-se ao longo do tempo numa pasta eminentemente política, onde a finalidade é fazer a articulação política entre o chefe de governo e o congresso e essa prática não é nova e vem de longe.

  Considerando-se esses aspectos, é de se esperar da visita de quaisquer ministro de estado, uma agenda de trabalho com entes públicos diversos, visando fortalecer o pacto federativo.

  Todavia, nessa visita do ministro da justiça Sérgio Moro, não tivemos notícias de nenhuma agenda, seja ela com o governador do estado, seja com o presidente do tribunal de justiça ou com o presidente da assembleia legislativa e pelo que sabemos, Moro não esteve com nenhum deles, o que é estranho, muito estranho!


    Teria vindo ministro a Paraíba apenas passear? Que apoio é esse que ele diz que veio trazer a polícia federal e ao ministério público do estado?  Ao que parece, Moro teve uma crise de juizite e na sua recaída, veio saudoso operar junto a PF e ao MPE, relembrando a república do Paraná e a caçada feita a Lula, até prendê-lo. Precisavam tirá-lo do páreo eleitoral e para tanto promoveram uma lambança jurídica até prendê-lo e afastá-lo do cenário eleitoral onde seria vitorioso.

    Aqui na taba, com várias investigações em curso, parece que Moro et caterva só tem olhares para a operação calvário com um único propósito, prender Ricardo Coutinho e retirá-lo do páreo eleitoral de outubro próximo.  Ele é “um mau exemplo” e por isso as hienas do jornalismo menor estão indômitas e apopléticas com todos os pasquins das redes sociais à postos, além de meia dúzia de cuspidores de microfones, salivando para colocar em funcionamento a máquina de moer reputações. 

     Aguardemos na esperança de equilíbrio no julgar!
Artigo anteriorA Dama das Camélias
Próximo artigoReminiscências
Relacionados

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...