fbpx
28.1 C
João Pessoa
Início Noite de Natal
Array

Noite de Natal

Por: João Vicente Machado

    Com a aproximação do natal, uma celebração da cristandade de muitos séculos, cada um de nós vai fazendo a reflexão que a festa requer e contextualizando no seu modus vivendis.

  Confesso que ao longo da caminhada fui ficando infenso às celebrações natalinas, muito menos pela reverência ao Cristo, sujeito dessa merecida devoção  de fé e reverência, do que pelo crescimento do consumismo e a figura de Nicolau, codinome papai Noel.
    É um compra compra contagiante que leva muitas famílias ao sacrifício e ao endividamento nos black friday da vida, invenção do comércio e objeto de desejo de muitos.
    Por tudo isso, sempre me valho de Machado de Assis, considerado o maior escritor da literatura brasileira que eu me atrevo a considerá-lo o maior escritor da língua portuguesa.
    Não vou descrever o homem polivalente Machado de Assis, em respeito ao pesquisador e escritor Fernando Melo, a quem não conheço pessoalmente, mas tive minuciosa informação através do meu amigo pessoal Marinaldo Gonçalves.
    Peço vênia a ambos  para publicar o Soneto de Natal do bruxo do Cosme Velho e me indagar:
“Mudaria o Natal ou mudei eu?”

Soneto de Natal

Um homem, — era aquela noite amiga,

Noite cristã, berço no Nazareno, —

Ao relembrar os dias de pequeno,

E a viva dança, e a lépida cantiga,

Quis transportar ao verso doce e ameno

As sensações da sua idade antiga,

Naquela mesma velha noite amiga,

Noite cristã, berço do Nazareno.


Escolheu o soneto… A folha branca

Pede-lhe a inspiração; mas, frouxa e manca,

A pena não acode ao gesto seu.


E, em vão lutando contra o metro adverso,

Só lhe saiu este pequeno verso:

“Mudaria o Natal ou mudei eu?”

Artigo anteriorIngratidão
Próximo artigoLá vem chegando verão!
Relacionados

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...