fbpx
25.1 C
João Pessoa
Início Notícias A crise da carne e sua origem

A crise da carne e sua origem

Por: João Vicente Machado
  Já me reportei nesse espaço sobre a macroeconomia e hoje, questionado por algumas pessoas sobre variação incontrolável de preços, tomei o problema da carne como exemplo para dialogar um pouco sobre o tema.

   Os economistas por formação e intimidade com o tema, costumam usar o economês como idioma, deixando-nos, pobres mortais,  com um profundo complexo de inferioridade linguística.

   Com o despretensioso propósito de ajudar no entendimento, me obriguei a penetrar de ponta de pés nessa catedral capitalista  e através de uma linguagem coloquial que lá ‘in nois’ se chama linguagem pé duro,  tentar decodificar pelo menos o mistério da carne, sem duplo sentido!

    Os fatos:

   Como o modelo econômico liberal transfere  o cerne do seu planejamento  a uma “ divindade” chamada mercado, adota  a expressão francesa laissez faire  cunhada por Adam Smith, o pai do modelo liberal que hoje chamam de neo ( novo) liberal, propaga que o mercado deve funcionar  livremente, sem interferências.
 
    No Brasil de agora, o grupo que apropriou-se do governo adotou o mais profundo e mais devastador do liberalismo e no dizer do banqueiro Paulo Guedes, que se autoproclama economista, entendeu não só de privatizar tudo, mas o que é pior, desnacionalizar a economia (o maior exemplo é a empresa privada EMBRAER que, comprada pela BOING está fechando a fábrica no Brasil agravando a legião de desempregados e subempregados.

   Estão vendendo tudo, até cemitérios estão na vitrine expostos à venda.

  Pois bem, quando uma multinacional compra uma empresa brasileira, ela vai, obviamente, remeter seus lucros para a matriz que não fica no Ingá  do Bacamarte (olha aí Luiz Carlos Soares) e sim no exterior.

   Vai remeter  os lucros na moeda de troca internacional que é o dólar e o governo brasileiro se obriga a ter dólares disponíveis para a remessa dos lucros.


  Isso em escala, provoca um desequilíbrio no balanço de pagamentos e vai exigir mais e mais reais para tocar a economia.

   Se o governo não dispõe de estoque de dólares, emite títulos imobiliários para captar no mercado que nessa hora tem muito de demoníaco e nada de divino.

    Dispusesse o Brasil  uma indústria de bens duráveis que acabaram,  poderia competir no mercado internacional como tem feito  a Coreia. Nesse caso, não teria a necessidade premente e única  de exportar comodities que é matéria prima, tais como: petróleo, aço, café, cacau, soja,  suco de laranja, minério de ferro, aço, e quem mais? o. famigerado  boi gordo!

    O Brasil, que tem o maior rebanho comercial do mundo, está sem poder comer  carne! Perceberam a contradição?  A abundância gerou uma crise! (a montanha pariu um rato!)

    Ora, com o dólar valorizado e o mercado mundial precisando, o fazendeiro não vai vender boi aos parentes do  meu amigo Manuel Dure para eles abastecerem nossos açougues. Ele vai vender para o exterior e receber muito mais reais com o dólar na cotação em R$ 4,30.

   Na outra ponta, quando relampeia no nascente e os Estados Unidos taxa o minério de ferro , ouve-se choro e ranger de dentes.

   Eu não te disse Berenice? Faz arminha que a carne aparece, o “ mito” vai te dar!

Relacionados

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Processos eleitorais semelhantes?

As últimas eleições presidenciais realizadas nos Estados Unidos, aconteceram no ano de 2020 numa disputa ferrenha e num clima de discórdia acirrado, cenário nunca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...