fbpx
25.1 C
João Pessoa
Início Antonio Henrique Couras Você não é todo mundo

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa que a minha mãe não é, é ser “todo mundo”. Eu não sei bem o conceito ou padrão que se impõe sobre a maternidade, mas é sem uma sombra de dúvida que eu afirmo que a minha mãe não é comum.

Dizem que a mãe nasce junto com o filho, e eu acredito que essa frase seja apuradamente verdadeira. Quando eu nasci minha mãe já se aventurava no ramo da maternidade havia mais de uma década, contudo, a minha mãe, nasceu comigo. Do jeito que ela me formou em seu ventre, eu a formei a cada dia que passava a seu lado. O meu trem de chegada a esse mundo quase foi o trem de partida de nós dois. Mas sobrevivemos. Com minutos de nascido eu fui “expulso” do berçário e me levaram para ela. O choro incessante cessou simplesmente com a sua presença. Ali eu comecei a formação de uma mãe que ia ter que passar a vida grudada no filho.

A quem não conhece minha mãe eu a apresento: ela é o que eu chamo de uma “pessoa árvore”. Não sei se o leitor já teve a oportunidade de observar uma dessas árvores gigantescas que despontam, no meio da mata ou da cidade, e que fazem a sua presença algo impossível de não ser notada. Ela é assim: impossível de não ser notada ou sentida. Da mesma forma como uma árvore, sua grandeza não vem do fazer, mas do ser. Minha mãe é. Ela é gigantesca, e sua sobra também o é. Eu dei a sorte de ter essa sombra para me proteger da vida, me dar tranquilidade, paz e abrigo. Ela é a ligação entre os mundos. A ligação da terra com o céu e o suporte das nuvens. Alguns, contudo, pereceram ao tentar competir com ela pelo brilho do sol.

Da mesma forma que os Deuses invejavam a mortalidade de nós, mortais, a humanidade de minha mãe sempre foi o que me desperta mais admiração. Reza a lenda que muitos tendem a idealizar seus pais, e que o choque de que nossos pais não são super heróis é a causa da decepção de muitos. Comigo, contudo, nunca tive de passar por isso. Minha mãe sempre foi imperfeita, e isso me deu a possibilidade de também o ser. Essa “mulher árvore” nunca se colocou na cátedra de mãe e de lá viveu a sua vida.

Ela, antes de mim, já era filha, esposa, irmã, economista, e, depois de mim, continuou sendo. Acredito que, por mais hábil que eu possa ser com as palavras, jamais conseguirei descrever o privilégio de ter sido criado por uma mãe que acima de mãe sempre foi uma pessoa. Olhar para cima e ver não só minha mãe, mas tudo que ela sempre foi, foi o maior incentivo que sempre tive para ser não apenas filho, mas para ser eu mesmo.

Com os anos, além de acumular o cargo de mãe que cuida, que acalenta, que encanta, ela virou minha companheira em tardes de compras, visitas a museus e noites de concertos. Parecem apenas meras atividades comuns, mas para mim sempre foram oportunidades que ela me deu de, como ela, ser, ou melhor, não ser todo mundo.

Comecei esse texto com o intuito de fazer uma homenagem a ela pelo seu aniversário no dia de hoje, contudo, como se homenageia ou agradece a uma pessoa por ela ser tudo? Não apenas ser tudo para mim, também não vim aqui listar tudo que ela já fez por mim. Não há palavras suficientes para listar o que uma mãe faz por um filho. Como homenagear ou agradecer alguém por ser tudo, ser completa como ser humano? Poderia agradecer a ela por sempre ter me dado o exemplo de como viver uma vida plena, enfrentando desafios e se superando em tudo que faz, mas isso já digo a ela pessoalmente todos os dias. Como se agradece a uma pessoa por sua simples existência no mundo? Eu agradeço a Deus por ter me dado o presente de ter ela como mãe, agradeço por poder ser testemunha de primeira mão de uma vida fascinante. Contudo, a ela não sei o que dizer. Não credito que homenagens devam ser feitas listando-se feitos e qualidades. Seria simples demais fazê-lo. Agradecimentos são pessoais demais para serem feitos em público.

Vou homenageá-la, então, com um pedido a todos os filhos e mães: sejam tudo que vocês podem e querem ser. Demonstrem seus afetos, suas qualidades, mas também se permitam terem defeitos, tristezas, frustrações, incongruências… Se permitam, e mais, se exijam, não ter rótulos que lhes reduzam a isso ou aquilo. Sejam humanos, vivam, errem, acertem e façam a sua presença no mundo ser notada não só pelas suas ações, mas por quem vocês são. Sejam, busquem ser, lutem para ser uma “pessoa árvore” que garante seu espaço no mundo apenas com a sua existência. Façam da sua vida uma busca não para realizar tal ou qual feito, alcançar tal ou qual meta, mas uma busca para se ser o mais completo possível. Busquem estender suas copas o mais longe que puderem. Não é fácil fazê-lo, não é fácil sombrear ou viver à sombra, mas se eu posso dizer uma coisa que eu aprendi com minha mãe é que ser quem você é, o máximo possível, é o melhor jeito de se viver.

Parabéns pelo seu aniversário minha mãe, e obrigado por ser tudo.

Relacionados

Boas Energias

Gosto particularmente de um ditado que diz que a necessidade é a mãe da criatividade. Dizem que numa época em que os Borgia reinavam...

A boca do povo

Aprendi há muito que, na vida, o fundamental é a manutenção. Como evitar que uma casa caia? Checar sempre por cupins, infiltrações, fios defeituosos......

O último dos males

O mundo grego que conhecemos a partir dos clássicos, é um mundo que se inicia com o fim de outro. Inicialmente o mundo era...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

Um pequeno fragmento da história da Paraíba

  Não poderia deixar passar em branco em nossa coluna, o aniversário de nossa querida Parayba . Não vou entrar em detalhes ou contestar nada...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...