fbpx
28.1 C
João Pessoa
Início Ronilson Paz Ano novo começa com o defeso do caranguejo-uçá para os Estados do...

Ano novo começa com o defeso do caranguejo-uçá para os Estados do Nordeste e Pará

Todos os anos, entre os meses de janeiro, fevereiro e março, raramente em abril, o governo federal, por meio de portarias do Ministério do Meio Ambiente e/ou do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, conjuntamente ou não, institui o defeso do caranguejo-uçá Ucides cordatus, quando a sua comercialização é apenas permitida para os indivíduos que estavam em estoque antes da vigência do defeso e quando devidamente autorizado.

Essa proibição acontece justamente porque nesse período essa espécie de caranguejo, nas luas nova e cheia, executam um comportamento sexual característico, popularmente chamado andada, quando machos e fêmeas saem de suas galerias (tocas) e andam pelo manguezal, para acasalamento e liberação de ovos. Nesse período os indivíduos ficam meio que inebriados, tornando presa fácil para os predadores e para os humanos. Sem esse defeso, a captura desses caranguejos pode diminuir drasticamente suas populações, podendo causar a extinção da espécie.

A Portaria SAP/MAPA nº 325/2020, disponível no Diário Oficial da União https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-sap/mapa-n-325-de-30-de-dezembro-de-2020-297207521, textualmente proíbe a captura, o transporte, o beneficiamento, a industrialização, a comercialização de qualquer indivíduo da espécie Ucides cordatus, conhecido popularmente como caranguejo-uçá, nos Estados do Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, durante o período de andada de 2021 a 2024, portanto a portaria tem vigência de quatro anos.

As pessoas físicas ou jurídicas que atuam na manutenção em cativeiro, conservação, beneficiamento, industrialização ou comercialização do Ucides cordatus deverão fornecer pessoalmente às Superintendências Federais de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento nos estados ou por meio eletrônico, no endereço https://sistemas.agricultura.gov.br/agroform/index.php/972654?lang=pt-BR, acompanhada de documento de identificação com foto do declarante, até o último dia útil que antecede cada período de defeso, relação detalhada dos estoques de animais vivos, congelados, pré-cozidos, cozidos, inteiros ou em partes. Quando se tratar de unidade de conservação federal, a relação detalhada também deverá ser entregue no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.

Além da proibição da captura do caranguejo-uçá no período da andada, também estão proibidas a captura de animais com comprimento da carapaça inferior a 6 cm, bem como é proibida a captura de fêmeas desse animal no período de 1º de dezembro a 31 de maio de cada ano.

Foto: Divulgação

Quem pesca ou comercializa crustáceos congelados, pré-cozidos, cozidos, inteiros ou em partes, em período proibido, pode ser autuado pelos órgãos ambientais e a multa é de R$ 700 a R$ 100 mil, adicionando-se a quantia de R$ 20 por quilograma de caranguejo apreendido, bem como o produto da captura apreendido pela fiscalização, quando vivo, deverá ser liberado, preferencialmente, em seu habitat natural. Não se recomenda a doação de crustáceos congelados, pré-cozidos, cozidos, inteiros ou em partes, tendo em vista se tratar de produto extremamente perecível.

O maior desafio na conservação do caranguejo-uçá é conseguir proteger seus estoques na natureza, de modo que seja conciliado principalmente aos gostos culinários durante o período de férias e o carnaval no nordeste do Brasil.

Como consumidor, podemos fazer nossa parte exigindo nos bares e restaurantes a declaração do estoque entregue nas Superintendências Federais de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento nos estados, bem como verificando o tamanho dos animais oferecidos e verificando se se trata de fêmeas.

Imagem: Divulgação.

O defeso do caranguejo-uçá é importante porque ele é um animal que pode ser encontrado nos manguezais de toda costa brasileira, onde se alimenta de folhas de mangue, transformando-as em nutrientes para outros organismos da cadeia alimentar. Além de ser importante fonte de renda para inúmeras famílias que sobrevivem de sua apanha, contribuindo permanentemente com a economia do Brasil.

Relacionados

Animais exóticos em cativeiro oferecem riscos aos seres humanos

A criação de animais silvestres em cativeiro é permitida, desde que autorizado pelo órgão ambiental competente, sendo infração administrativa, com multa variando de R$...

Afinal, a produção de energia eólica é realmente “limpa”?

O termo “energia limpa” é atualmente designado para indicar os sistemas de produção de energia renováveis que excluem qualquer tipo de poluição, principalmente por...

A arborização urbana deve ser feita com responsabilidade

Fonte: Foto Internet A arborização urbana é um excelente instrumento para atenuar as temperaturas, principalmente em locais com clima mais árido. Isso por que as...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...