fbpx
24.1 C
João Pessoa
Início Marcos Santos Série Talentos: História de uma artesã arretada, Vó Lia

Série Talentos: História de uma artesã arretada, Vó Lia

Vó Lia, é acima de tudo, superação. Superação da falta de oportunidade. Superação da criatividade. Superação dos desafios da vida. Superação da falta de políticas pública que apoie e incentive. Superação do preconceito. Em uma sociedade tão marginal para com os que são desprovidos de recursos financeiros, ela é superação dos sonhos que busca.

Nascida e criada na comunidade rural denominada Sítio Matinhas, da pacata cidade de Serraria no Brejo Paraibano. Esta mulher – Maria José Araújo dos Santos (Vó Lia) – tem se destacado em vários projetos e mídias sociais, graças a criatividade, inteligência e talento.
Ela, que é agricultora por ocasião do destino, que aliás, pratica a agricultura de subsistência, a chamada agricultura familiar, teve sua formação interrompida no Ensino Médio. Entretanto, isso não foi, nem é motivo, ou barreira no que se refere a sua capacidade de criar. Dentre as muitas atividades que ela desenvolve, se destaca o artesanato (crochê, vagonite, bordado, fuxico) a confecção de licores, doces e geleias caseiras em diversos sabores, além de uma cozinheira de mão cheia.

Vó Lia se denomina o amor pelo que faz. Caprichosa em cada detalhe que executa e na complexidade do todo de suas peças criadas. Ela expressa laço afetivo muito forte para cada entrega realizada a seus clientes. Seus produtos e serviços são únicos na qualidade, bem como imenso no leque de possibilidades que abre para Vó Lia, pois além de possibilitar complementar sua renda, junto a renda da agricultura, também a tornou conhecida mundo a fora por meio de feiras, eventos e lives que tem participado, além do que, fez com que ele conhecesse muitas outras realidades além da sua. Isso significa, emancipação pessoal, assim como profissional.

A série talentos, tem esse objetivo, de apresentar pessoas simples e sábias. Pessoas que não se prendem as dificuldades histórica que enfrentam. Pessoas que tem sangue no olho para encarar o preconceito de classe. Pessoas que apesar de não terem grandes ambições, sonham e lutam por dias melhores, e, mesmo quando o sonho não se realiza, ainda assim são felizes nas pequenas conquistas diárias.

Avante com o exemplo dessa grande mulher, que ensina muito na sua simplicidade e inteligência, ao mesmo tempo que inspira a luta por uma sociedade mais justa e igualitária.

Relacionados

Seja o próprio Natal, Cristo em nós a nascer

O natal é um festejo que impacta na vida de quase todo mundo, tanto para os cristãos, quanto para os não cristãos. Seja pelo...

Qual seria a cor da nossa Bandeira?

É natural, quando se forma um grupo, uma equipe, um coletivo... Se buscar símbolos, formas, cores representativas que seja como uma identidade. Nesse sentido,...

Existe conceito do Nada, ou Nada é Nada?

O poeta Marcos Santos nos traz hoje um ensaio poético que alterna realidade e humorismo. Os poetas são assim, eles têm seus estilos próprios...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Você não é todo mundo

Hoje eu me reservo o direito de usar essa máxima usada por mães mundo afora para falar da minha mãe. Se tem uma coisa...

A esperança voltou!

  A semana que antecedeu as convenções partidárias foi muito movimentada, notadamente pela visita à Paraíba do presidente Luiz Inácio da Silva- Lula. A festa...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...