fbpx
28.1 C
João Pessoa
Início Ronilton Lins A espera do vento de Aracati no sombreiro:um legado do sertanejo

A espera do vento de Aracati no sombreiro:um legado do sertanejo

Sou filho de sertanejo com raízes fincadas na minha Jatobá, no interior da Paraíba, conhecida por São José de Piranhas, lá no meu sertão aquele povo tem o costume de plantar uma árvore na calçada para ao fim do dia, sentar nas cadeiras de balanço, desfrutando daquela gostosa sombra, a espera do vento de Aracati.

Meus avós e pais ao se mudarem para a Capital fizeram o mesmo, lembro que quando da minha infância o cuidado por aquele sombreiro era algo que fazia parte do embelezamento da casa, sempre podando com os devidos cuidados.

O poeta Cubano José Marti dizia: Há uma coisa que um homem deve fazer na sua vida: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro, transcendendo o tempo por um triplo legado, deixando sua herança para o mundo e a sua marca na história.

No dia 21 de setembro, comemorou-se o dia da árvore, parece-me que cada vez mais aquele exemplo trazido pelos sertanejos, está cada vez difícil de se encontrar, as casas estão sendo demolidas por prédios verticais, tornando a imagem das cidades urbanas menos bucólicas.

Em áreas urbanizadas esses efeitos têm sido potencializados, em função do crescimento demográfico associado ao uso e ocupação do solo de forma desordenada.
A retirada da cobertura vegetal, a impermeabilização do solo, o aumento das temperaturas com a formação de ilhas de calor são alguns dos impactos ambientais sentidos pela população que mora em áreas antropizadas, aumentando a temperatura do ar com o desconforto técnico ambiental, afetando a qualidade de vida das pessoas.

Ë sabido que com o derretimento das calotas polares as temperaturas tendem a cada dia aumentar, quando passamos por uma sombra ficamos a desejar um tempinho a mais naquele local, desfrutando aquela gostosa sensação de bem estar, aqui em João Pessoa é sentido de maneira mais frequente ao passarmos pela mata do buraquinho, uma reserva de mata atlântica de mais de cinco hectares, inserida na lei SNUC (sistema de unidade de conservação), na categoria de proteção integral.

O código florestal por sua vez, quando da sua ultima alteração, permitiu que na recuperação de áreas de APP, pudesse ser inseridas árvores frutíferas, uma saída no sentido de promover uma diversidade na modificação da passagem daquele local, permitindo que o reposicionamento paisagístico fosse facilitado por quem desejasse recuperar, mesclando com as espécies nativas. Ao meu ver um avanço na recuperação das áreas degradadas, garantindo, simultaneamente, a preservação do solo e da água, em benefício da geração de renda pelo produtor rural.

Não podemos deixar de enfatizar o implemento do CAR (cadastro ambiental rural), onde o poder público, através de um sistema interligado monitora as áreas de proteção, combatendo o desmatamento, e assim, promove através de mecanismo de recuperação PRA (programa de recuperação de áreas degradadas), a regeneração das áreas ambientalmente protegidas.

As árvores são essenciais para o meio ambiente, e consequentemente, para o equilíbrio do nosso planeta. Além disso, muitas árvores apresentam aplicabilidade econômica, sendo muito utilizadas pelo ser humano, servindo de abrigo para uma grande quantidade de seres vivos, capturando o gás carbono, funcionando como reservatórios de carbono, alimentando os seres humanos, ajudando a evitar erosão do solo, melhorando a umidade relativa do ar, além de fornecer sombra que ajuda a diminuir a temperatura do ar.

Relacionados

A importância da Mata do Buraquinho na cidade de João Pessoa

A preocupação com a conservação da biodiversidade decorrente das constantes perturbações nos ecossistemas naturais tem crescido exponencialmente, uma vez que, como forma de minimizar...

O mundo discute sustentabilidade em Dubai

Sustentabilidade! Uma palavra da moda. Ouvimos falar quase que diariamente: cidade sustentável, vida sustentável, indústria sustentável, desenvolvimento sustentável. As cidades são por sua natureza insustentável,...

Liberdade de expressão: pode valer tudo?

No último dia 07 de setembro, em todos os estados da federação foram marcados por manifestações “verdes e amarelas”, confesso que me surpreendi com...

1 COMENTÁRIO

  1. Reminiscência de quantos viveram na cidadezinha pequena e aconchegante de antigamente
    O espetáculo das cadeiras nas calçadas que a televisão e a violência se encarregaram de eliminar,
    Parabéns Ronilton

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Lula-lá: Sem Medo de Ser Feliz

Desde a minha infância vivida na minha cidade natal, Lavras da Mangabeira CE, me habituei a ouvir modinhas e parodias usadas no período de...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Tudo Passa Sobre a Terra

   Não foram poucas as vezes   que fizemos uso da famosa frase do escritor cearense José de Alencar, usada por ele ao finalizar o...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...