fbpx
23.6 C
João Pessoa
Início Marcos Santos Mãe sem maquiagem, mãe eternizada

Mãe sem maquiagem, mãe eternizada

Não é raro em tantos momentos ver o nome mãe ser desenhado de maneira sublime, idealista, uma deusa… e não que esta ideia esteja errada, de forma alguma. Mas, por que não olhar pra nossa progenitora, sob a ótica do dia-a-dia? Porque não deixar de lado, um pouquinho da romantização e olharmos mais realidade. Será que também não há poesia nas imperfeições de uma mãe?

Mãe sem maquiagem busca ver a mulher nas suas lutas, nas suas aflições cotidianas e acima de tudo, que antes de ser mãe, é um ser humano, com suas dificuldades, limitações e imperfeições… Por tanto, também tem o direito de errar, de falhar, e ensinar com seus erros. E que mesmo assim, não deixa de ser mãe.

Relacionados

Seja o próprio Natal, Cristo em nós a nascer

O natal é um festejo que impacta na vida de quase todo mundo, tanto para os cristãos, quanto para os não cristãos. Seja pelo...

Qual seria a cor da nossa Bandeira?

É natural, quando se forma um grupo, uma equipe, um coletivo... Se buscar símbolos, formas, cores representativas que seja como uma identidade. Nesse sentido,...

Série Talentos: História de uma artesã arretada, Vó Lia

Vó Lia, é acima de tudo, superação. Superação da falta de oportunidade. Superação da criatividade. Superação dos desafios da vida. Superação da falta de...

4 COMENTÁRIOS

  1. Eita menino que coisa boa. Eu sempre tive conceito de mãe diferente, talvez, por ter criado meus filhos com muita rigidez e disciplina não me enquadrava nos conceitos que lia não me considerava uma boa mãe. O fato é que meus filhos estão bem e cuidando das suas vidas. Viva as mães!!!!!

  2. Nobre Cristina, é a disciplina e rigidez das mães que fazem os filhos E filhas serem grandes homens e grandes mulheres. Louvado seja pelas mães que mesmo sabendo que não são perfeitas, sabem muito bem conduzir seus filhos no caminha da justiça e da fraternidade.
    Feliz dia das mães pra você e os seus.

  3. O poeta Marcos definiu muito bem o papel de mãe.
    Um papel realista e coerente com a realidade.
    Fui privilegiado por ter tido duas mães: Dina Neném que partiu muito cedo e delegou à sua segunda filha Dona Maria Lina que assumiu a mim a Anita a Chagas e aos sobrinhos. Nos deu muito amor mas tinha pulso firme e nos deu educação, régua e compasso para tracar as linhas da vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas

Afinal de Contas Que Canal é Esse?

Canal é um dispositivo hidráulico usado para transporte de água, muito conhecido de todos nós, desde a primitiva levada de terra, até os canais...

Um beijo para o gordo

Sempre me pareceu um pouco tolo a emoção que muitas pessoas demonstram quando algum famoso morre. São famosas as cenas, como nos funerais de...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Esqueceram o Marquês

A passagem de efemérides, como a do segundo centenário da nossa Independência, faz com que algumas figuras históricas daquele momento sejam rememoradas (em regra,...

Mais Lidas

OS 11 princípios de Joseph Goebbels

Texto originalmente publicado em 08/01/2020    Joseph Goebbels, para os que não têm a informação, foi ministro da propaganda de Adolf Hitler e comandou a...

Medo e Liberdade

Tenho refletido muito, talvez pelo momento político, a respeito de liberdade em seu sentido mais amplo. Mas o que é liberdade? Segundo o dicionário...

Asas que voam

Pelas frestas da janela, essas lembranças invadem o quarto sombrio daquele tempo escorrido nas noites do passado. Uma vez, recordo bem, reservara a mim...

Julgar é fácil, difícil é ser

Como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave...